domingo, 3 de abril de 2011

AMOR SEM LIMITES



AMOR SEM LIMITES
(insuportável sensação)
Com o coração partido em tirinhas finas
Tombou na cama de um mal indecifrável
As faces, ora rubras de sangue, coradas
Ora macilentas, inexpressivas, sem vida
Os olhos, perdidos em vãos imaginários
A pele, gotejava suor, molhando a alma
Do peito, via-se uma cavidade em brasa
Um vulcão pulsante. Correntes de lavas
Estremecia ao simples toque do telefone
Atendia. Gritava. Não era ele. Nunca era!
Sucumbiu ao pior dos males – o desamor
Insensato coração, destroçado  e partido
Seu mal, ela bem o sabia, era sentir
muito mais amor do que seu
coração poderia suportar

Autora: Rosa Mattos
Blog Contos da Rosa
http://contosdarosa.blogspot.com/

16 comentários :

Everson Russo disse...

Amor verdadeiro,,,amor de paz é esse, sem limites,,,acredita no infinito dos sonhos,,,da paz,,,dos desejos e de todos os versos...grande beijo de bom domingo pra ti maezinha do coração...fica com Deus...

Paulo Francisco disse...

Um belo texto de amor.
Tenha um ótimo domingo...

José Sousa disse...

Amiga Evanir!
Vim lhe ler e deparei com este lindo poema! Parabéns pela linda e sentida forma que o faz sentir em mim!

Siga-me em meu novo blogue:

http://transpondo-barreiras.blogspot.com

Um beijo e bom inicio de semana.

Maria disse...

Lindissimo poema minha amiga. O amor pode mover montanhas.
Tenha um maravilhoso domingo e uma boa semana
Beijinhos
Maria

Rosa Mattos disse...

Amiga adorada, Bom Dia!!

Que seu domingo seja especialmente adorável, assim como todos os dias de sua vida. Sou muito grata a você por sua amizade e seus gestos de carinho constante.

Obrigada, anjo. ♥beijos meus♥

manuel marques disse...

Enquanto não superarmos
a ânsia do amor sem limites,
não podemos crescer
emocionalmente.

Enquanto não atravessarmos
a dor de nossa própria solidão,
continuaremos
a nos buscar em outras metades.
Para viver a dois, antes, é
necessário ser um.

Fernando Pessoa


Beijijnhos meus

ANA ROOS disse...

Estou a te seguir... gostei do teu blog, do que escreves, das fotos, gostei de tudo!
bjus no coração

Sonhadora disse...

Minha querida

Lindo este poema Da Rosa...dorido, mas adorei.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Cecília Marçal disse...

"Há momentos na vida em que se deveria calar e deixar que no silêncio falasse o nosso coração, pois o sentimento que a linguagem não expressa é porque há emoções que as palavras não encontram tradução."Te desejo um domingo lindo e uma semana abençoada

Ingrid disse...

amar sozinho é sofrimento certo..
lindo mesmo..
beijos perfumados

Mariazita disse...

Querida amiga Evanir
Mais um lindíssimo poema de amor.
Um amor grande assim merece ser correspondido.
E será, desde que o sonho o acompanhe.
Vc sempre gaz escolhas ótimas.

Boa semana. Beijinhos

Pena disse...

Genial e Linda Amiga Enorme:
"...Um vulcão pulsante. Correntes de lavas
Estremecia ao simples toque do telefone
Atendia. Gritava. Não era ele. Nunca era!
Sucumbiu ao pior dos males – o desamor
Insensato coração, destroçado e partido
Seu mal, ela bem o sabia, era sentir
muito mais amor do que seu
coração poderia suportar..."

Uma deliciosa e admirável escolha. A autora: Rosa Mattos.
Parabéns. Um agradável poema de amor sentido e perfeito.
Totalmente conseguido pela magia adorável de si.
Abraço amigo de gratidão pela sua visita maravilhosa.
Com respeito e fascínio.
Sempre a admirá-la

pena

Bem-Haja, fabulosa amiga.
Excelente!
Adorei.

Beatriz Prestes disse...

Que momento mais lindo...de calar a alma em sentimentos tão profundos e intensos!
Lindíssimo!
Beijo minha amiga
Bea

SAM disse...

Minha querida amiga,

Este texto emocionou meu coração pela verdade e sentimentos tão profundos quanto dolorosos. Bela escolha, como sempre, feita por você nos posts que conversam com o nosso coração.

Carinhoso beijo e linda semana amiga.

Machado de Carlos disse...

Uma espera constante. Sempre esperamos por uma volta!
Beijos!...

Secreta disse...

Mais um belo poema.
Beijito.
Boa semana.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios