sábado, 2 de abril de 2011

Adeus!...

Naquela noite quente de ilusão
os corpos uniram ao cair d´aurora.
Hoje sou uma sentença que chora;
guardo o telhado da doce mansão!


Há a escrita do sangue na canção;
no sonho nebuloso inda mora
a lembrança (néctar das horas),
fotograficamente no porão;


tenho o perfume da nossa loucura
com a cicatriz nua e sem a cura
que viaja rumo à Eternidade!


Peço-te, Anjo, que voe alto e além...
que saúde meus versos (um réquiem)!
— Morrem nossos corpos de saudade!

Machado de Carlos..
EU RESPEITO DIREITOS AUTORAIS..

29 comentários :

Gisa disse...

Ficam cascas e voam luzes...
Um grande bj querida amiga

Terê. disse...

lindo poema, amei, grande bju terê.

O Universo dos Pensamentos disse...

Estive visitando o Blog do Carlos, belos poemas.

Este então, é lindo.

Parabéns pela escolha

Olinda Melo disse...

Olá, querida Evanir

Ontem consegui, finalmente,resolver o problema da imagem do meu perfil e eis-me tua seguidora.

Como sempre, os poemas que apresentas no teu blog são lindíssimos e este então toca-nos o coração.

Beijos
Olinda

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Evanir
Dizer adeus dói muito, principalmente quando a vontade é de ficar, e viver eternamente um amor.
Bom findi
Bjux

Carla Fernanda disse...

Bom dia Evanir!
Bonito poema!
Carla Fernanda

Cristal - ♥♥♥Ani♥♥♥ disse...

Oi Evanir,


Que poema mais lindo... Bela escolha...

"tenho o perfume da nossa loucura
com a cicatriz nua e sem a cura"

Lindo mesmo.

Beijos

Ani

Verinha disse...

Muito lindo este poema Evanir!!
Suas escolhas são sempre belíssimas!!

Beijocas em seu coração...
Verinha

нєllєи Cαяoliиє disse...

Peço-te anjo,leve comigo nesse voar tão inteso e único! ;)
Divino poema,como todos os outros
Beijos e um perfeito FDS!

Paulo Francisco disse...

Evanir, como o gênero foi trocado no começo da frase, lá no cores e nomes (risos), eu fiquei confuso se o comntário era para o meu blog ou não. Mas se só foi um erro de gênero, tudo bem... sinta-se avontade...
Um beijo.
Ah! Adorei este poema.

Everson Russo disse...

Na vida, a gente encontra pessoas que rabiscam versos, e outras que rabiscam a alma, e Machado de Carlos é uma dessas pessoas,,,desses poetas que não se contentam apenas em gravar palavras em poemas,,,ele grava em nossas almas os mais belos sentimentos de amor,,,de saudades,,,de vida,,,de paz, ler Machado é um prazer sem tamanho, eu fiquei muito feliz quando cruzei o caminho desse imenos poeta na blogosfera...maezinha do coração,,,uma belissima postagemm, parabens pela escolha,,,deixo pra ti meu mais carinhoso beijo de bom sabado,,,e ao meu amigo e poeta Machado, deixo minha admiração sempre e minha mais sincera amizade,,,abraços fraternos....

Perola disse...

Parabéns minha querida, ñ poderia ter homenageado uma pessoa melhor.
Eu sempre te digo que os poetas são grandes interpretadores de nossa alma.
Um beijo minha linda e um exelente sabado com muiiiiiita poesia e muita paz.
Da sua filhota pérola.
Beijos mama.

flor de jasmim disse...

Evanir
Quanta tristeza existe quando se diz adeus e queremos ficar, foi o que aconteceu quando meu marido morreu.
Beijo

Machado de Carlos disse...

Que dizer do meu soneto?
Como autor só posso lhe dizer: - Muito Obrigado por este Grande Carinho! E como não gostar de um carinho?!

Beijos!...(Com emoção!)

Machado de Carlos disse...

PS: - Ah, estava me esquecendo de agradecer-lhe pelo belo selinho!
Beijos!...

M. disse...

diz-me que poema lês e digoto quem és:)

Thay Negrão disse...

Um adeus sempre é doloroso...
Bom final de semana!!

sandrinha disse...

Iu´pii!surpresinha...eita amiga desculpa vui...não ter tido tempo para atender o seu pedido de vir ver aquele dia o poema da sua amiga Rosa Mattos!mas aqui agora estou muito lindo ele...adorei!

E este aqui do machado de assis!também gosto muito...quando olhei pela janelinha ali da minha casinha e vi ADEUS!nossa assustei e vim correndo,achei que era vc dissendo adeus daqui.Ufá!

Amiga!depois de tantas festanças esta semana no alma estou cansada demais,ainda de ressaquinha virtual,vou levar semana para colocar minhas visitas em dia!
Começei aqui por vc!

Fica com Deus!assim que der apareço no fonte!

Marcia Morais disse...

oi afilhada querida!
a sua escolha e um presente para todos nos fãs deste querido,lindo post parabéns ! um beijo para o querido machado.bom fim de semana!

Rosa Mattos disse...

Que belo soneto. Parabéns ao autor.

Gostei em especial da forma como o poeta iniciou os versos. "Naquela noite quente de ilusão"


Amiga, já enviei meu poema para o seu e-mail. E cá estou eu novamente a te agradecer - obrigada!

Beijos meus♥ a ti!

Pena disse...

Perfeita e Divinal Amiga:
Um poema delicioso e fabuloso de Machado de Carlos.
"...Peço-te, Anjo, que voe alto e além...
que saúde meus versos (um réquiem)!
— Morrem nossos corpos de saudade!..."

Linda. Linda. Linda.
De fascínio e ternura.
Excelente escolha.
Abraço amigo pelo que concebe de talento e genialidade visíveis.
Com respeito e sempre a admirar o que "confecciona" com pureza e beleza imensas.
Sempre a admirá-la

pena

Excelente!
Bem-Haja, prodigiosa amiga de sonho.
É fantástica.
Adorei.
Honra-me a sua amizade maravilhosa.

Louro Neves disse...

Angelical!
A vida em um poema.
Um amor.

Parabéns, Evanir!

E a música, oh...

Néia disse...

Oi querida...
Sempre que passo no blog do Machado fico lendo e sonhando com os seus sonetos. Este é maravilhoso, entre tantos que ele já nos brindou. Ótima escolha, pois ler Machado e ler cultura, emoção e muito amor.
beijos e um ótimo final de semana.

SAM disse...

Evanir querida!

Fabuloso tudo o que é selecionado por você. Machado de Carlos é um Poeta Maravilhoso! Obrigada.

Carinhoso beijo e lindo fim de semana.

Sonhos De Deus disse...

AI que lindoo minha amigaaa amei o poema,um finalde semana iluminado pr vc ti amooo muitoooo bjks!!!

Livinha disse...

Evanir minha amiga,
Quão lindo poema do nosso amigo carlos,
sempre tão terno, romântico e preciso nas palavras.
O tema saudade mexe, mexe com todos que na leitura mergulha e nos faz cair em berço de amarguras...

Grande poeta esse menino, que fala do amor com toda a sua veracidade...

Linda escolha viu, não poderia ter sido outra melhor...

Deixa eu te falar, quedo na imagem do teu blog, essa moça, tão bela, como uma virgem santa, volitante como espiritualidade...

Lindo Domingo pra ti

Bjs

Livinha...

Vozes de Minha Alma disse...

Um lindo soneto sem dúvida.
Parabéns a ti e ao poeta por nos presentear com mais esta jóia.
Um abraço, beijos.

Mariazita disse...

Querida Evanir
Só agora pude corresponder ao seu convite para vir ler este belíssimo soneto do nosso querido amigo e grande poeta Machado de Carlos.
Estive preparando o meu post para hoje (posto sempre ao domingo) e o tempo é sempre curto para tudo que queremos fazer, não é mesmo?
Eu sei que vc me compreende...

Agora vou ver o post mais recente ( o de hoje).

Se quiser ir visitar-me tem lá um post novo, e dá-me muito prazer.

Boa semana. Beijinhos

Vivian disse...

Bom dia,Evanir!!

Belíssima poesia!!!O Machado é um poeta incrível!!E me lembra tanto os antigos poetas...Maravilhoso!!

Beijos querida!!

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios