sexta-feira, 20 de outubro de 2017

 A PROCURA DA FELICIDADE 


Andamos sempre a procura da felicidade,
Pedindo a Deus que nos mostre o caminho,

Mas pare um pouco, olhe a sua volta...
Veja aquele pássaro que voa,

A chuva que cai para nos dar a vida,
Aquele jardim com flores multicores,

O Sol que brilha intensamente,
Iluminando nosso dia, e a noite,

A Lua se irradia junto com as estrelas,
Um espetáculo da natureza.
A felicidade está tão perto que não a vemos,

Estamos surdos, mudos e principalmente cegos,
E não percebemos que ela está presente em tudo.

Ela está dentro de nós, basta deixar fluir nossos sentimentos.
Deus nos deu todos os sentidos, 

Para usufruirmos desta maravilha que é a vida,
Mas somos tão mesquinhos e não percebemos,
Os mínimos detalhes que temos no dia a dia.

Luiz Carlos Rodrigues dos Santos.

Força, fé, saúde, coragem e Deus.
 Obrigada pela sua gentil visita e comentário.

Meu sincero agradecimento 
a quem orou comigo por Portugal
em chamas.
Todos nos estamos passando por mudanças
climáticas  graças as mãos ,
que.. Deus deu de graça aos seres humanos.
Com certeza usaram para destruição
do paneta.
Com o mesmo carinho agradeço ,
todos que me visita deixam meu coração
feliz e a certeza de que não estou sozinha..

17 comentários :

Evanir disse...

É a esperança que na véspera de nos sentirmos infelizes pelos inúmeros revezes, transforma este momento num novo sopro de vida de pré felicidade, fazendo com que enxerguemos um futuro promissor à frente.
- Ivan Teorilang
Esperança é o único sentimento
semelhante a Saudade .
Evanir..

Charo Bodega disse...

Tenemos que dar gracias a Dios todos los días por darnos los sentidos con los que podemos disfrutar de las beelezas que la Naturaleza nos regala.Besicos

Cidália Ferreira disse...

Muito bonita a sua escolha. Amei

Beijos
Bom fim de semana

emanuel moura disse...

Maravilhosa partilha querida mãe coração,fico imensamente feliz por a ver neste cantinho tão especial,que Deus continue iluminando a nossa vida muitos beijinhos no seu lindo coração querida mãe coração, do seu filho e afilhado que muito a ama e estima .

Ana Tapadas disse...

Tão belo! Precisava ler algo assim...
Tão bom tê-la de volta no Rara Avis.
Obrigada.
Bj

BETONICOU disse...

Oi Evanir! Muito reflexivo o texto. Gosto quando me levam a refletir sobre a vida que não é tão complicada assim....Espero que esteja bem! Ótima semana! betonicou@gmail.com como pediu. grande beijo!

Graça Pires disse...

Um texto que nos faz pensar, Evanir. Muito obrigada pelas suas preces pela tragédia que nos aconteceu.
Uma semana boa.
Um beijo.

A Casa Madeira disse...

A tanta coisa a nossa volta, para nos tornar-mos mesquinhos...
Mas a lei tbm é essa, parar e pensar.
Boa semana e obrigada pela sua presença lá na casa.
Abraços.

Smareis disse...

Gostei da sua escolha Evanir. Muito bonito o texto.
Boa semana!
Um beijo!

Maria Rodrigues disse...

Maravilhosa escolha minha amiga.
Desejo-lhe uma boa semana
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Luísa Fernandes disse...

Ainda que a melodia mal cante
Que flores no jardim não floresçam,
Mas aves no céu gorjeiem
Que a natureza brote,
A seiva do verão permaneça
Do seu coração sai bondade,
Ainda que não parece...
Há vontade de dizer
Que na terra existem anjos,
Em forma de seres humanos
Prontinhos para acolher!!
Quando Deus criou a terra
Lançou a semente ao acaso,
Da boa brotou o cravo
E a rosa a desabrochou,
Também brotou o espinho
Que não oferece carinho,
Nem tão pouco pergaminho
Apenas erva daninha
Vem ao homem atraiçoar...
Mas como Deus é “Amor”
Vou homenagear uma flor,
Escasseia de quando em vez
Mas mora no meu coração,
A ela devo gratidão
Minha querida “Evanir,”
Sempre te imagino a sorrir
Tal como a rosa a florir
Na primeira estação,
Mesmo a longa distante
Faz minha alegria constante
Em qualquer ocasião…
Beijinhos na tua alma,
Que Deus bênçãos derrame
Sem medida e com guarida
Alma gêmea do coração!!
Da tua sempre maninha.
Luísa Fernandes Serra




CÉU disse...

Olá, estimada Evanir!

Como está? E seu marido?

Um belo poema, fácil de entender, mas difícil de achar.

É nos detalhes, que reside a felicidade.

Beijos e melhores dias virão.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Bom dia, querida Evanir,
palavras que nos fazem refletir que somos muito felizes, mas somos incapazes de sentir a felicidade que nos rodeia nas pequeninas coisas,nos pequeninos gestos, há em tudo a marca da felicidade. Às vezes, buscamos fora o que mora em nós.
Continuamos rezando, com você, por Portugal para que tudo esteja bem e que este povo abençoado não sofra mais. Grande abraço a você e sua família.

Luma Rosa disse...

Oi, Evanir!
Depois de dois longos anos estou de volta à blogosfera.
Não exista nada que supra o vazio da existência. O que temos de fazer é nos distrair com a natureza e com as pessoas que amamos até que entendamos que a nossa existência está acima do que existe na terra. Temos que valorizar o que temos, pois do contrário, achar defeitos só nos fará deprimidos. Sigamos adiante com gratidão!!
Saudades do seu bloguito!!
Beijus,

Pantherka disse...

Evanir, thank you for your visit.
Beautiful post.
I wish you a lot of health.

Marian disse...

Me alegro mucho Evanir de saber de ti, y saber que estás bien.

Muy bello tu poema.¡Gracias.!

Un fuerte abrazo. Bendiciones.!!

Anna Lírios disse...

Boa noite!!!
Verdade amiga, a felicidades mora dentro de cada um de nós. Infelizmente nem sempre conseguimos vê-la. Linda poesia.
Um abraço!!!
Paz e Luz!!!

Anna Lírios em Letras

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios