sábado, 19 de agosto de 2017

Nada é mais importante que a sinceridade


Passaram dias, e em noites de pesadelo
Tantas coisas passaram por meu coração, entristecido

Lágrimas derramadas em sobressalto constante,
Passaram momentos dolorosos sem fim

E meu coração em arrependimento, sim,
Olho a noite, sozinha, encontro o vazio
E nela, recordo o pesadelo, que quero esquecer
Porque mais importante que isso, é não te perder.
.
Passaram as estrelas, eu sozinha na noite
Olhando a lua, a minha companheira,

Fiquei à toa esperando encontrar-te
Naquela varanda sorrindo para mim,
Passaram os dias, chegámos à compreensão,

Nada é mais importante que a sinceridade
Porque na vida existem pessoas e promessas
Demasiado valiosas para meu coração.
****
Cidália Ferreira...

14 comentários :

✿ chica disse...

Escolheste bem.,..As poesias da Cidália são mesmo lindas! bjs às duas,chica

Cidália Ferreira disse...

Surpresa...uau! Agradeço de coração a partilha. Obrigada

Beijinhos com carinho
Bom fim de semana 😀

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Um lindo poema! Nós por aqui estamos a passar um inferno, rodeados de incêndios, um terror. Casas ardidas, aldeias consumidas pelo fogo que desapareceram do mapa, pessoas mortas. Amanhã verei se consigo falar deste pavor. Beijinhos

emanuel moura disse...

Bom dia querida afilhada e mãe de coração ,um belíssimo momento que nos faz reflectir e nos questionar como somos ,como vivemos ,eu apenas acrescentaria á sinceridade a simplicidade que nos torna e nos faz viver amando não a só nos mas também ao nosso irmão ,que posamos viver na máxima transparência possível ,muitos beijinhos no coração querida mãe <3 .

dinapoetisadapaz disse...

Bom dia minha amada amiga que tanto admiro e estimo! Espero que estejas passando bem, agradeço a visita e o carinhoso comentário deixado em meu blog. Fico feliz qdo recebo sua visita, pois sei dos momentos aflitivos que tens enfrentado. Que Deus cubra-lhe de benção , saúde e bem-estar.
Desejo que seja abençoado seu domingo e todos os seus dias para que continue enfeitando nossas páginas com sua amada visita.
Parabéns pela escolha, o poema da Cidália apesar de dorido ficou um primor.
Bjs no coração.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amgia Evanir!
Venho ler os lindos poemas publicados e agradecer pessoalmente o carinho do selinho que me fez de presente pelos 8 anos do meu blog... você é generosa aos extremos... obrigada de coração.
Seja muito feliz e abençoada!
Bjm de paz e bem

Profª Lourdes disse...

Olá querida Evanir!
Fiquei feliz com sua visita e por saber que estais bem. Quanto a demora, não se preocupe, o seu cantinho já está guardado no meu coração. És uma das primeiras a seguir meu blog. Linda poesia da Cidália, sou fã, sigo o blog dela e a admiro muito. Uma poetisa que escreve com a alma e o coração.
tenha um final de tarde com muita saúde e paz e se estenda no início da semana. Abraços

lucilene disse...

OI MÃEZINHA AMADA, LINDO POEMA ATÉ ME IDENTIFIQUEI NELE , EU OLHANDO DA JANELA DO QUARTO A LUA E AS ESTRELAS E POR AI VAI O PESAMENTO NÉ? E SOBRE A SINCERIDADE, TEM MUITAS PESSOAS SINCERAS, MAIS TEM MUITOS QUE FICA DO NOSSO LADO SÓ POR INTERESSE E PARA MIM PESSOAS ASSIM QUERO BEM LONGE DE MIM DE DAS PESSOAS QUE AMO, BEM SABE O QUANTO TE AMO MINHA RAINHA LINDA E ESTOU AO SEU LADO PARA O QUE PRECISAR, A SENHORA MAIS QUE NINGUÉM SABE QUE SOU SINCERA, E ODEIO PESSOAS COM MAU CONDUTA E QUE GOSTA DE SE APROVEITAR DA SENHORA, BOM MÃEZINHA VIM TE DESEJAR UMA SEMANA CHEIA DE BENÇÃO DO SENHOR JESUS E CHEIA DE VITORIAS E DIZER QUE TE AMO TE AMO TE AMO .
SUA FILHA LUCILENE SALLES

CÉU disse...

Olá, estimada Evanir!

Muito agradeço a sua visita e tão gentil comentário no meu blogue.

O tempo, a vida está sempre mudando, mas os sentimentos, se sinceros, persistem.

Gostei mto do poema da Cidália. Afinal, a sinceridade venceu tanta tristeza.

Beijos e uma semana muito feliz.

CHARO disse...

Amiga Evanir, tras leer tu entrada te deseo una feliz semana.Besicos

Luísa Fernandes disse...

poemasdaminhalma.blogspot.pt
Olá meu doce anjinho
vindo da nuvem do Céu
Deus faz esta magia
e brinda que nem troféu,
esta nossa próximidade
nada ao acaso surgiu
sabes tanto quanto eu
segredos que descobriu...
Como regaço maternal
em amor e ternura
alegrias carinhosas
outras portas se abriram!!
O que poderei mais dizer
de laços de amizade
que jamais hei-de perder!
Maninha do coração
o que pensei ser fenónimo
Deus me deu de compensação...
Só lamento a tua dor
e a tua sofregidão
mas tudo vale a recompensa
dessa tua animação,
estrela brilhante da noite
fulgor do meu pensamento
sinto o carinho constante
nas asas do distante vento.
Palavras a mais para quê
sentes o meu sentir
choras o meu chorar
o gargalhar do meu sorriso
os murmúrios do meu suspirar!!
Beijinhos maninha Evanir
te amo sempre, meu bem!
Luísa Fernandes



Graça Pires disse...

É bom encontrar aqui este poema da Cidália.
Tudo de bom Evanir.
Um beijo.

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Passaram por cá e lembraram a luz; ela ilumina e guia por todos os Caminhos.
Belo Poema.


Beijo
SOL

Beatriz Bragança disse...

Querida Evanir
Escolheu um belo poema da minha amiga e conterrânea Cidália.
Obrigada.
Um beijinho
Beatriz

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios