sábado, 8 de outubro de 2016


 Um Amor Eterno
Te amarei a cada pôr-do-sol, e em cada nascer do dia.
 Te amarei de Janeiro a Janeiro, e isso inclui também feriados e fins de semana.
 Te amarei nos dias chuvosos, tanto lá fora quando aqui dentro, 
mas te amarei ainda mais nas horas de alegria, 
quando a vontade de te ter ao meu lado para partilhar o sorriso me fizer ver o quão necessário você é para minha existência. 

Te amarei por tudo, ou apesar de tudo.
 Te amarei com seus defeitos,
 suas manias irremediáveis e seu jeito brincalhão de um garoto que ainda sonha em conquistar o mundo, 
mas nem imagina o poder que tem sobre mim. Te amarei enquanto houver esperanças, mas também na falta dela. 

Te amarei com o coração, a alma e a vida.
 Te amarei por horas, dias, meses,
 anos e em cada oportunidade que tiver direi aos céus o quanto preciso de um sorriso teu,
 para que de algum lugar do mundo,
 essa curva se forme em teus lábios, me fazendo te amar mais ainda. 

Te amo, te amo e te amo. 
Não tenho vergonha, medo ou qualquer outra coisa…
 apenas te amo, porque sempre foi você, 
sempre será você e todos os dias encontrarei razões para te amar ainda mais.

(Cartas Pro Luan)


13 comentários :

emanuel moura disse...

Boa noite querida afilhada que belo momento amar incondicionalmente ,o amor que faz enaltecer o mais nobre sentimento que qualquer ser humano pode ter ,muitas vezes um sentimento reprimido por medo de o viver tão intensamente como ele merece ser vivido ,palavras belas que nos fazem sentir orgulhosos de possuir tamanha riqueza ,desejo-lhe uma noite cheia de paz e amor ,muitos beijinhos no seu lindo coração afilhada.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Evanir!
Como vc está?
O amor fala muito porque deseja colcoar pra fora o que vai explodir no peito...
Bjm muito fraterno

Sefora Silva disse...

Eu amo esse tipo de texto, simples e tocantes. Amo lê-los tanto quanto amo escreve-los.

abraços.

seforasilva.blogspot.com

BETONICOU disse...

Oi oi Evanir! Ja tive um amor desses de janeiro a janeiro. Seu texto me recorda muitos momentos bons , e pena que não houve outros janeiros... Estou meio afastado do blog, por estar escrevendo o segundo livro de uma trilogia, mas sempre que da posto algo novo por la.Beijos e ótimo fim de semana!

Elisabete disse...

Que grande declaração de amor poética!
Gostei muito.
Bom domingo.

Cidália Ferreira disse...

Lindo demais!

Beijo. Bom Domingo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

CHARO disse...

Unas letras llenas de amor.Besicos

Graça Pires disse...

Que bela declaração de amor!
Uma boa semana, Evanir.
Beijos.

Luísa Fernandes disse...

Um amor eterno
Minha doce amiga
tenho saudades de amar
de encostar no teu ombro
e um carinho nanar!!
Não consigo mais controlar
este desencontro
que não conseguimos encontar...
este nosso silêncio
com vontade de falar
esta conversa adiada
e o tempo a passar...
Meu anjo azul
da cor do céu
vestido de branco
como troféu!!
sim! Eu aprendi amar
Uma alma gêmea
que Deus me quiz dar...
um pedaço de ternura
para me compensar
mas a saudade aumenta
no meu coração
como pérola preciosa
a meio da solidão!!
Te amo
beijinho
minha doce Evanir!!
Luisa fernandes
poemasdaminhalma.blogspot.pt

Luísa Fernandes disse...

poemasdaminhalma.blogspot.pt

Ailime disse...

Boa noite minha Afilhada?
Como tem passado?
Desejo que a sua saúde esteja estabilizada.
Lindo esse poema.
Beijinhos de luz e paz no seu coração.
Como o meu carinho e amizade, sempre.
Ailime

Denise Carreiro disse...

Lindo ver um amor assim! Quisera o mundo tivesse tantos apaixonados! Muita paz!

Manuel disse...

Fugi, um pouco, dos Blogues.
Vim visitar, sentir toda essa magia e deixar um beijo de muito carinho.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios