domingo, 30 de outubro de 2016


 Os sonhos se assemelham
com a primavera.
A espera das flores,
o acreditar dos que plantam,
ideais dentro do peito.
Vem um, arranca uma flor.
Outra e mais outra.
Até esgotar quase todo sonho.

Mas a primavera volta
e tudo reverdece outra vez.
Mais sonhos e mais flores.
Recomeça outra vez o acreditar.
A utopia rega outra vez com a esperança
o sonho que está enraizado no peito.

E a luta continua, porque
“podem roubar todas as flores,
mas nunca a primavera”.
 (A.D)
A luta continua
A vida segue seu curso
vamos colher  nossas primaveras. 


11 comentários :

Daniel Andre disse...

Simplesmente lindo amiga!
As vezes nos deparamos com pessoas que sugam nossas energias. Falecemos em vida, mas ainda existem pessoas que nos fazem ressuscitar, e acreditar em um novo dia, um recomeço.

Abraços e parabéns.
Dan
http://pensamentosdeumhomemgago.blogspot.com.br/

emanuel moura disse...

Boa tarde querida afilhada maravilhoso momento que simboliza o crer e a eterna esperança que renasce a cada amanhecer ,acreditar em cada momento que tudo é possível quando se possui um coração tão belo como o seu ,querida afilhada agradecido pelas palavras maravilhosas que me deixou no meu cantinho ,agradeço do fundo do meu coração ,muitos beijinhos do seu padrinho que muito a ama e estima .

Elvira Carvalho disse...

É isso mesmo.
Um abraço e uma boa semana

Nal Pontes disse...

Oi Evanir que coisa mais linda, um menininho mais lindo recheado com uma
poesia mais linda ainda. Bjs querida vim aqui pegar a poesia que vc fez
para mim e levá-la para o meu cantinho. Bjs no coração. Achou meu email?

Cidália Ferreira disse...

Lindo!!!!!!!

Beijo de boa noite.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Graça Pires disse...

"Os sonhos se assemelham com a primavera." Gostei do poema e da inspiração que ele contém.
Uma boa semana, minha amiga Evanir.
Beijos.

Fê blue bird disse...

A natureza todos os anos se renova amiga Evanir e nós temos que a acompanhar não é verdade ?

Um grande beijinho e muita coragem!

CHARO disse...

Allí la primavera y aquí el otoño ambas estaciones tal alejadas y a la vez tan cercanas.Besicos

Luísa Fernandes disse...

Lindo poema querida Evanir!!
A primavera é a estação mais bela do ano.
é a estação das flores
das esperanças
e dos amores...
do sol, da chuva
das arvores que brotam
folhas e flores
das mais variadas cores,
das andorinhas
e dos pardais
do canto dos pássaros
nos beirais...
das crianças que brincam
nos recreios das escolas
pousando no chau
as suas sacolas!..
Das estrelas que brilham
da noite e do luar
com seus encantos
nos vêm alegrar!!
Beijinho querida Evanir.
Luisa Fernandes
poemasdaminhalma.blogspot.pt

Maria Rodrigues disse...

Que todos os sonhos sejam tão belos como a primavera.
Maravilhoso poema
Beijinhos
Maria

Jaime Portela disse...

A maioria dos sonhos acontece na primavera da vida...
Magnífico poema, gostei imenso.
Evanir, tem um bom fim de semana.
Beijo.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios