domingo, 28 de agosto de 2016


Por que amar dói 

Por que amar dói tanto, se é o amor fonte de alegria e de felicidade?

Quando sonhamos com o amor, não sonhamos com tristezas, menos ainda com dor. Sonhamos com beijos, noites enluaradas e momentos a dois. Sonhamos com felicidade eterna e sem defeitos.

Mas quando o amor chega, ele nos desnuda. E quanto mais se apossa de nós, mais nos desnudamos. Nos tornamos expostos, à mercê do outro, que toma pra si nossas vontades. Nos tornamos transparentes.

Não se esconde de ninguém olhos amorosos. O amor transparece em nós como se estivesse escrito em grandes letras e todas as línguas. Daí nossa fragilidade diante de um sentimento tão grande.

A outra pessoa fica dona do nosso sorriso, ela controla nossa tristeza. Não conscientemente. Somos nós que, segundo palavras ou gestos, reagimos assim. E o amor dói em nós profundamente.

Mesmo no auge da felicidade, ele dói ainda. Dói de saudade, de medo de perder.

Deveria não ser assim. Deveria ser felicidade sem fim, sem altos e baixos. Sem lágrima derramada. Mas... teria o mesmo gosto? Seria o amor tão maravilhoso se não houvesse essa possibilidade de perda que faz com que nos agarraremos a ele com mais intensidade ainda?

Amar dói e é perfeito que seja assim. As rosas têm espinhos e é exatamente esse contraste que fascina tanto.

E eu posso ainda espetar o dedo e até sangrar. Mas jamais deixarei de amar uma rosa!

Posso ainda estar desnuda de mim, sentir frio ou calor, mas ainda assim vou me entregar ao sentimento quando ele me acenar.

Posso ainda chorar ou sorrir, querer morrer ou querer viver, mas esse caminho não quero evitar.

Não evitarei minhas dores, porque um minuto de felicidade a dois cobre (e com juros!!!) todas as dores do mundo!...

Letícia Thompson
Apesar de doer o amor.
Eu ainda acredito no seu existir.
Pode existir falta de amor
Mas nossa realidade atual é do desamor.
Eu ainda aposto no amor
Ele não pode ser entinto da face da terra.
Depende de todos nos a continuidade
desse sentimento tão puro  único verdadeiro.
Eu amo os poucos para ter sempre amor em reserva
essa reserva é para abraçar mais 
por falta de amor também se morre.


22 comentários :

Bandys disse...

Ola,
Linda postagem.
O amor é construído aos poucos
e por isso mesmo resiste as dores.
Amar é viver e viver as vezes dói;
Beijos

Marina-Emer disse...

Gracias querida amiga por tu cariñosa visita ...tiempo que no te veía ...me alegro verte bien
aquí tienes unos preciosos versos .
te deseo feliz semana
besos muchos

Isa Martins disse...

Oi Evanir, um lindo poema, e como disse Martha Medeiros... "Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas", completando...nossas ilusões acerca do que gostaríamos que fosse e não foi.
Ainda temos muito que aprender sobre o amor verdadeiro, mas chegaremos um dia lá né?
Amiga querida, obrigada por teu carinho e também por proporcionar grandes reflexões com tuas postagens, beijos com carinho!

Cidália Ferreira disse...

Mais uma pérola! Amei
Beijos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Maria disse...

Querida afilhada do coração, hoje reabri voltei ao meu blogue como acho que seria o seu desejo...a primeira visita foi por aqui pelo seu cantinho muito querido!!! Deixo meu carinho de sempre!
Maria

Luísa Fernandes disse...

Lindo poema!! Adorei esse Seu jeito de amar!!
Ainda bem que Amor existe... esse sentimento
tão nobre.... que a minha querida Evanir
alimenta e absorve!! Fá-lo com a maior gentileza,
é próprio de um coração puro onde só enxerga beleza!!
Parabéns por cada escolha tão perfeita.
Beijinho querida Evanir
Que Deus te abençõe.
Um forte Chi-coração
Luisa Fernandes
http://poemasdaminhalma.blogspot.pt/

Lucinalva disse...

Olá Evanir
Linda postagem, obrigada pelas palavras de carinho no meu blog. Bjs querida.

emanuel moura disse...

Querida afilhada o amor sempre prevalecerá no coração que emana os mais belos sentimentos ,infelizmente nem todos o praticam porque vivem em constante negação ,vivem do mal alheio ,provocando desordem neste mundo onde carece tanto de amor ,que possamos todos amar e sermos amados ,sem culpas nem cobranças ,apenas pelo bem de doar o mais nobre sentimento que floresce dentro do nosso coração ,muito belo querida afilhada um momento que nos fará reflectir ,muitos beijinhos no seu lindo coração.

Maria Teresa Valente disse...

Tem razão, Evanir, hoje o que mais há é o desamor!
Se não cuidarmos de nós, através do "Amor Maior", morreremos de falta de amor!
Cristo nunca nos deixa sós, já morreu por nós...
Feliz e abençoada semana, abraços carinhosos
Maria Teresa

BETONICOU disse...

Que lindo texto Evanir! Belíssimo! Bravíssimo! amar e´assim mesmo e muito mais... estamos com visual novo em curvas, retas e esquinas, e ajeitamos, para melhor leitura. ótima semana ! beijos e abraços!

Graça Pires disse...

Lindo, Evanir, este seu post a falar de amor. Amar e ser amado é muito importante, mesmo quando dói ou deixa na alma sentimentos contraditórios...
Uma boa semana.
Beijos.

CHARO disse...

El Amor es el sentimiento más noble y hermoso que pueda tener el ser humano.Besicos

Poções de Arte disse...

Bom dia, Evanir!
O amor dói, mas acredito que é para sabermos que o outro sente como nós. Todos queremos receber amor, mas muitos não querem dar e até não sabem como fazê-lo. Muitos confundem com "receber", esquecem do princípio que para receber é preciso doar.
Linda semana pra vc,
Abração esmagador.

Bell disse...

Amar é fácil mas não é tudo lindo não.
Muitas vezes doí .
Eu creio que amor de verdade é leve tem tempestade mas é algo que tem paz.
Se é turbulento, se te faz chorar mais do que sorrir não é amor.
Mais importante é se amar, amar o outro e ser amada.

bjokas =)

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Letícia Thompson teve o condão de "explicar" muito bem o Amor verdadeiro; tu, Evanir, tiveste a ideia feliz de no-lo apresentar para juizo.
Alegra a Alma ler um texto assim.
Parabéns.

Beijo
SOL

PS: O meu antivírus bloqueia no teu Blogue (referências:Blogneina.zip.net e Ocavaleiro negro.zip.net)

Dilmar Gomes disse...

Post perfeito, cara amiga Evanir. O amor, realmente, vale a pena.
Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

piteis da dinha disse...

Oi Evanir minha amiga querida!
Que poema lindo e que bela escolha a sua!
Bjsssss e uma semana muito abençoada p/vcs

Vikee disse...

Amazing post

Love Vikee
www.slavetofashion9771.blogspot.com

Zilani Célia disse...

OI EVANIR!
O AMOR É O MAIOR DOS SENTIMENTOS E VALE SEMPRE A PENA INVESTIR NELE.
ABRÇS AMIGA, MAIS UM DAQUI DO SUL DO BRASIL.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, o amor é um sentimento forte que tem os dois lados, o da felicidade e a desilusão.
Resto de boa semana,
AG

A Casa Madeira disse...

Existe um sentido verdadeiro...
Mas tem muita banalidade em torno do amor; assim o sentido
fica meio distorcido...
Amar não é algo tão fácil assim... requer muito despreendimento.
Bom começo de mês.
Abraços
janicce.

mariluz disse...

Siempre mis mejores felicitaciones por tu bella página.
Gracias y un fuerte abrazo.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios