quarta-feira, 8 de junho de 2016


DE VOLTA À INFÂNCIA...

Há dias em que a infância alonga os pés e vem alcançar-me num momento qualquer e se enrodilha nos meus passos fazendo-me contemplar as imagens que fica a desenhar ante meus olhos... 
Lá está a amoreira com seus frutos suculentos e doces a derreter na boca, em meio a um pomar que era um convite a que me lambuzasse com a doçura de cada fruta sem me importar com as recomendações de não sujar a roupa. Ali eu sorria para a vida, menina de cabelos cor de mel e olhos esverdeados de esperança num mundo que descortinava promessas de realização de todos os pequeninos e lindos sonhos que me envolviam qual nuvem de algodão. Tudo tão simples e tão bonito!


Depois veio a vida atropelada de desassossego, os caminhos se abrindo e fechando, realizando aqui um projeto, espantando ali um sonho, sempre a dizer que nem tudo que foi sonhado naquela infância bonita era passível de realização.


Vai-se a miragem, fica o caminho que sigo firme olhando para o alto, como sempre faço na esperança de ver meu pai acenar e me soprar um beijo, incentivando, aplaudindo, e dizendo com suavidade que eu ainda posso voar, que o espaço não é o meu limite e que existe muito mais para além desta dimensão... Como dizia quando eu ainda era uma criança ávida por alcançar a vida, e mesmo não apreendendo o valor e o sentido das palavras sentia uma felicidade imensa por estar envolvida naquele amor de acolhimento. 

Olho mais uma vez para a infância que agora já se desmancha ante o meu olhar... E lamento não ter trazido escondidas num bolso qualquer aquelas amoras que eu colhia com avidez e que, ao se desmancharem na minha boca, deixava-me um sabor de vida lambuzada de mel...

Helena....

http://helena.blogs.sapo.pt/

Agradeço de todo coração o carinho recebido 
mesmo sem poder fazer uma visita ainda tenho
lindas amizades.
Hoje voltei a postar meu pequeno Lorenzo.
O nome dele me deixou feliz demais
graças a Deus minha nora também gostou do 
nome escolhido pelo meu filho.
Por ser neta de italianos caiu como uma luva ,
gente não tenho com expressar  em palavras 
o quanto a chegada do Lorenzo me deixou feliz.
Nunca gostei tanto de chuva na minha vida.
Pois é gente!!!!
O motivo que chovendo eu lavo as roupinhas dele será ,
que existe amor que gosta de trabalhar?
Hoje lavei assim que secar e eu passar vou tirar a foto
mostrar para vcs.
Vou deixar um recado a nossa amada (Helena.)
Poucos conseguem  ler minha alma  como você amiga querida.
Nossa amizade eterniza com o passar do tempo.
Sou grata a todos vcs que em momento algum sem saber
o porque da minha ausência tudo que posto marcam presença.
Eita amizade de verdade tem quem não acredite...
Mais amo de coração cada um de vocês.
Roupa que a vovó lavou.
Aqui o prometido vovó babona 
com seu amor contagia .
Sou grata a Deus pela minha vida feliz e compartilhar
a emoção de ser avó do pequeno Lorenzo.

20 comentários :

emanuel moura disse...

Querida afilhada que lindo momento cheio de beleza e ternura que enaltece todo o amor que o ser humano deveria ter sempre no seu coração ,a beleza de olhar a vida cheia de graciosidade ,querida afilhada como já lhe disse o Lorenzo é uma lufada de ar fresco para todos vocês ,a alegria que ele trouxe certamente será sempre muito amado por todos ,que Deus continue abençoando a sua vida e a de todos quanto ama com muita felicidade ,muitos beijinhos no coração.

Cidália Ferreira disse...

Como sempre postagem maravilhosa!!

Beijos e uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Jeanne Geyer disse...

olá, uma deliciosa postagem. lindinho o Lorenzo, realmente dá vontade de arrumar roupinhas pra deixá-lo bem cheiroso,rsrs acho que já te segui, realmente não lembro, mas enfim, estou hoje aqui para divulgar meu novo blog e conhecer blogs do meu estilo. já estou te seguindo, bjs

http://espiritosevangelizados.blogspot.com.br/

Toninho disse...

Boa noite Evanir.
Linda partilha com a Helena com toda sua sensibilidade na poesia na reflexão.
Amei o texto.
Uma semana maravilhosa amiga em meio a tod este encantamento.
Bjs

Araan disse...

Linda postagem, beijos
Araan.

Helena Medeiros Helena disse...

Evanir, minha linda e tão doce amiga! A tua homenagem emocionou-me profundamente e fez marejar os meus olhos. Este teu carinho para comigo vem demonstrar a generosidade do teu coração, pois me presentear com a publicação de um texto meu foi deveras um gesto que jamais hei de esquecer, pois poderias estar brindando teus leitores e amigos com textos e poemas teus, estes sim, dignos de serem lidos e comentados. Grata pelo espaço que me destes com tanto apreço.
Minha amiga, sobre o teu comentário no meu blog, só posso te dizer que, infelizmente, existem pessoas que parecem estar no mundo para diminuir as outras e usar a palavra como um modo de ferir e humilhar. São pessoas sem Deus no coração, sem caridade na alma, que usam destas artimanhas mesquinhas muito mais por terem inveja da pessoa do que mesmo motivo para machucá-las verbalmente. Acredito que quando se cria um blog (e qualquer pessoa tem a liberdade de o fazer) é para colocar naquele espaço aquilo que a vontade nos dita, quer sejam poemas, textos, relatos da nossa vida, textos científicos, enfim, o espaço é nosso e nele mandamos nós. Isto é o que deverias ter feito, meu anjo, simplesmente ignorar aqueles que estavam a criticar a tua forma de postar. Para estes que tiveram a insensibilidade de te trazer momentos tão deprimentes, existiram outros (e tu bem sabes disto), amigos fieis que te deram apoio nos momentos mais difíceis. São estes que contam, minha amiga, pois o verdadeiro amigo nos ouve nos bons e maus momentos.
Além do mais, tu foste sempre uma amiga fiel, sempre levando uma palavra de carinho e incentivo nos blogs que visitavas. Sou prova disto, das tuas palavras generosas ao me visitar naqueles momentos tão difíceis pelos quais passei. Tu tens, meu anjo, uma alma iluminada, tu és uma filha especial aos olhos do Pai, prova disto é essa família tão linda que te foi concedida e que soubeste tão bem formar.
A minha mãe sempre dizia para aqueles que eram vítimas das línguas ferinas: os cães ladram e a caravana passa.
Sei que as palavras são insuficientes para agradecer o teu mimo, por isso quero te deixar este provérbio:
“Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas”, na certeza de que as tuas mãos agora estão perfumadas, pois através da tua homenagem me ofertaste lindas rosas que o meu coração recebeu com muita alegria.
Que nunca faltem sorrisos no teu caminhar e estrelas no teu coração.
Com carinho,
Helena

rosa-branca disse...

Amiga Evanir, como sempre uma delicia de prosa que adorei. Espero que esteja bem. Beijos com muito carinho

BETONICOU disse...

Oi! Estou meio sumido dos Blog não e´mesmo? Esse Ano já escrevi um livro de romance e realidade; "Cancões de setembro" Estou escrevendo outro de cronicas onde exploro nosso folclore. Então não esta sobrando muito tempo , mas quando posso posto, um texto la em curvas, retas e esquinas. Abraços e beijossss

Bell disse...

Seu neto é lindo, parabéns!!!

bjokas =)

Bell disse...

Parabéns seu netinho é lindo!!

bjokas=)

Vikee disse...

Nice post

Love Vikee
www.slavetofashion9771.blogspot.com

Maria da Graça Reis disse...

Lindas lembranças em forma de um belo texto.Fique bem
Bjs

Enrico zio disse...

E’ bellissimo il tuo nipotino Lorenzo che sicuramente allieterà le tue giornate.
Felici giornate piene d'amore.
Un abbraccio
enrico

Cidália Ferreira disse...

Sempre com belas partilhas. Adorei

Beijo e um excelente dia.

Coisas de Uma Vida 172

Denise Carreiro disse...

Evanir, não existe coisa mais linda do que a vida. Que seu neto possa compartilhar muitas amoras com vc e que esse amor possa se expandir a cada dia. Ah! Tb acho lindo o nome do seu neto. Muita paz!

Amélia disse...

Olá Evanir.
Lindas recordaçoes partilhadas com tanta ternura!
Voltei á minha infância. Adorei
Grande beijo

CHARO disse...

Paso a leerte después de mi regreso de vacaciones.Besicos

Manuel Luis disse...

Mas que lindo esse teu carinho para com a Helena. Nunca mais a perdi de vista desde antes dos maus momentos. Também é para isso que estamos aqui.
Essa alegria por quem esperavam, finalmente está no meio de vós. Felicidades para todos.
Bj com carinho.

Manuel Luis disse...

Mas que lindo esse teu carinho para com a Helena. Nunca mais a perdi de vista desde antes dos maus momentos. Também é para isso que estamos aqui.
Essa alegria por quem esperavam, finalmente está no meio de vós. Felicidades para todos.
Bj com carinho.

Ana Freire disse...

Como sempre, uma partilha maravilhosa, repleta de sensibilidade e encanto...
Muito parabéns, pelo nascimento do seu netinho... muito bom, ver que a vida, lhe continua dando tantos motivos para sorrir... que nos dão força para ultrapassar as fases, menos boas...
Beijinhos! Saúde e felicidades, para todos aí!
Ana

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios