quinta-feira, 28 de abril de 2016

Tua Caminha Ainda Não Terminou.



Tua caminhada ainda não terminou...
A realidade te acolhe
dizendo que pela frente
o horizonte da vida necessita
de tuas palavras
e do teu silêncio.

Se amanhã sentires saudades,
lembra-te da fantasia e
sonha com tua próxima vitória.
Vitória que todas as armas do mundo
jamais conseguirão obter,
porque é uma vitória que surge da paz
e não do ressentimento.

É certo que irás encontrar situações
tempestuosas novamente,
mas haverá de ver sempre
o lado bom da chuva que cai
e não a faceta do raio que destrói.

Tu és jovem.
Atender a quem te chama é belo,
lutar por quem te rejeita
é quase chegar a perfeição.
A juventude precisa de sonhos
e se nutrir de lembranças,
assim como o leito dos rios
precisa da água que rola
e o coração necessita de afeto.

Não faças do amanhã
o sinônimo de nunca,
nem o ontem te seja o mesmo
que nunca mais.
Teus passos ficaram.
Olhes para trás...
mas vá em frente
pois há muitos que precisam
que chegues para poderem seguir-te.
AD.
Nossa!! Estava  Com Saudade.

17 comentários :

Toninho disse...

Bonita inspiração com uma bela sabedoria em poesia.
Carinhoso abraço amiga e bom fim de semana.
Cuide-se bem.
Bjs

AMBAR disse...

Hola Evanir.
Hace tiempo que no nos leemos, he estado ausente varias veces durante un tiempo.
Paso a disfrutar de tus letras y sí, el camino aún no termina, hay que caminar hasta el fin de la senda.
Un buen fin de semana y un abrazo.
Ambar

✿ chica disse...

Poesia linda e profunda! Que bom te ver de volta! bjs, chica

Cidália Ferreira disse...

Bom dia minha Amiga
Parabéns pelo excelente poema! Amei de verdade

Bom fim de semana.
Beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ana Freire disse...

E valendo para todo o mundo... esta magnífica partilha, Evanir!...
Eu é que já tinha saudades, em passar por aqui... e hoje, que a disponibilidade o permitiu... aqui estou, apreciando o que andei perdendo, nestas últimas semanas, em que também tenho andado mais ocupada... e um pouco afastada da blogosfera...
Um beijinho grande! Desejando-lhe um feliz final de semana, e esperando, que se encontre de saúde...
Ana

CHARO disse...

He disfrutado leyendo tu entrada.Besicos

emanuel moura disse...

Querida afilhada que alegria que me está a dar ao poder sentir a sua presença neste cantinho maravilhoso onde um dia nos encontramos ,como é belo poder ler tão graciosas palavras querida afilhada ,um momento cheio de esperança que nos faz acreditar num amanhã cheio de felicidade ,que o caminho seja sempre cheio de esperança e paz ,e nunca querida afilhada deixe de acreditar nos seus lindos sonhos ,muitos beijinhos no seu lindo e maravilhoso coração.

Roselia Bezerra disse...

Bo anoite, queria Evanir!
A vida não acabou e devemos ter sempre fé...
Dias melhores virão...
Bjm muito fraterno

Graça Pires disse...

Um abraço para você, Evanir.

Maria da Graça Reis disse...

Lindo poema.Amei.
Bjs

Bárbara e Érika disse...

lindo! amei!

Helena disse...

Evanir, minha querida amiga, as tuas últimas postagens dão conta de um tempo onde se mesclaram sentimentos e emoções de diferentes gamas e de onde saíste ainda mais forte e determinada, apesar dos embates que a vida te fez passar. É como se este espaçamento de postagens te colocassem num tempo de espera, de indecisão, de tristeza, mas ao mesmo tempo te fazendo empreender uma busca interior para renovar as forças do prosseguir... É isto aí, amiga, a vida nos "obrigando" a atender o seu chamado da forma que ela acha que temos de seguir, por vezes em terreno pedregoso e outras onde somos rodeados por um campo florido.
Belíssima a postagem de agora, onde a imagem nos diz muito e um texto a complementar esta viagem que todos temos de empreender, a olhar para a frente, determinados a conseguir o que de mais digno pudermos nesta empreitada que é o VIVER.
Fica com meu carinho e amizade nas estrelas e nos sorrisos que os anjos que estão sempre a te cuidar deixam por aqui espalhados.
Helena

Helena disse...

Evanir, minha querida amiga, as tuas últimas postagens dão conta de um tempo onde se mesclaram sentimentos e emoções de diferentes gamas e de onde saíste ainda mais forte e determinada, apesar dos embates que a vida te fez passar. É como se este espaçamento de postagens te colocassem num tempo de espera, de indecisão, de tristeza, mas ao mesmo tempo te fazendo empreender uma busca interior para renovar as forças do prosseguir... É isto aí, amiga, a vida nos "obrigando" a atender o seu chamado da forma que ela acha que temos de seguir, por vezes em terreno pedregoso e outras onde somos rodeados por um campo florido.
Belíssima a postagem de agora, onde a imagem nos diz muito e um texto a complementar esta viagem que todos temos de empreender, a olhar para a frente, determinados a conseguir o que de mais digno pudermos nesta empreitada que é o VIVER.
Fica com meu carinho e amizade nas estrelas e nos sorrisos que os anjos que estão sempre a te cuidar deixam por aqui espalhados.
Helena

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola Evanir, todos necesitamos soñar, pero los jóvenes de hoy más que sueños es que no tienen metas, muchos no quieren trabajar y viven a costa de sus padres, si bien no hay trabajos porque hay muchos parados, cuando les ofreces ayudarles con un trabajo sencillo, te dicen que no, que lo que quieren es ganar dinero. Así estamos con una juventud sin ganas de hacer gran cosa y medio muertos.
Un abrazo
Sor. Cecilia

Maria Rodrigues disse...

Lindissimo poema.
Aprendemos com o passado, sonhamos com o futuro, mas devemos viver intensamente é
os momentos presentes.
Beijinhos
Maria

Amélia disse...

Parabéns Evanir por nos ter presenteado com um poema tão rico.
Beijinhos

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Poema lindo!


Beijo
SOL

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios