quarta-feira, 2 de março de 2016


Uma luz azul
Pinta de saudade o verde da ilha
Desenhando sonhos interrompidos
Vi-te no passar, no sorrir do despontar do dia

Pousei solenemente os olhos em ti
Este dia no encontro dos desencontrados
Todos os dias provo ao mundo a minha razão de ser
Todos os dias cerro os olhos para com a alma te ver

Pois é
Já dei tantos passos à volta da alma
Já ensaiei mil palavras para te dizer
Já percorri mil caminhos só para te ver

Sabes?!
É possível construir uma casa, habitar o tempo, sorrir
Seguir os pássaros na rota do sol
Ficar sem desenhar o partir

Vem, imagina-te no centro da verdade
Trás o perfume de outras eras
Dos dias felizes em que fomos tanto
Quebra esta pedra do cais das 7 esperas

Vem, cobre-te de nevoas e de flores
Veste-te de céu azul e verdes prados
E sorri, no silêncio possível do reencontro
Deixa-te cair nua e leve num retrato mágico, breve

Mas vem, anjo das transparências
Deixa que o vento componha teus caracóis
Vem, trás o murmúrio da noite no encontro da madrugada
Trás um abraço, mais nada

Vem sem perguntares pelo amanhã
Sem julgares os dias escuros
Vem apenas, como espuma inquieta do mar
Vem apenas sentir, amar

Diz-me coisas sobre as árvores 
Vem sem nunca mais afastares o sonho dos olhos
Vem, para te poder falar deste poeta sincero
Que se retrata na...Lucidez dos Espelhos 
PUBLICADA POR O PROFETA.
http://profeciaeterna.blogspot.com.br/

Agradeço o carinho da sua visita.
Leve contigo beijos
e carinhos meus.

17 comentários :

Maria Teresa Valente disse...

Olá, Evanir, sempre com lindos poemas, que nos encantam!
Agradeço pela partilha, abraços carinhosos
Maria Teresa

Ambra disse...

Bellissimi i tuoi versi.
Buona giornata.

Ana Bailune disse...

Bom dia, Evanir.
Achei muito lindo!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Lindo Evanir!
Parabéns ao poeta Profeta.
Bjs-Carmen Lúcia.

Cidália Ferreira disse...

Sempre com maravilhosas surpresas Amei

Beijo e uma excelente quinta-feira.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Graça Pires disse...

"Já dei tantos passos à volta da alma". Muito belo!
Beijo.

Pensamentos Com Asas disse...

Que lindo♥♥♥!!!!
Parabéns pelo poema flor... Beijos no coração♥

Sileni Machado disse...

Que lindo poema, Evanir! Um presente para os leitores! Adorei a música "Trem Azul".

Bjs de paz! =)
Vivendo e Aprendendo
Fotos e Prosas

emanuel moura disse...

Sempre nos surpreendendo nas lindas partilhas querida afilhada ,muitos beijinhos no seu lindo coração.

Helena Medeiros Helena disse...

Um chamado de extrema delicadeza, um pedido, uma súplica, seja o que for, chega como uma oração dessas que somente um coração sensível sabe dizer para o ser amado.
"Vem, trás o murmúrio da noite no jogo do texto encontro da madrugada Trás um abraço, mais nada"
Esta aceitação do tão pouco que se quer nos traz versos de tal sensibilidade que nos quedamos a extrair a essência do amor doador, aquele que aceita apenas um abraço... Belíssimo poema, Evanir, que tiveste o cuidado de nos trazer. Com tempo quero conhecer o blog do Profeta, pois encantei-me com este modo sensível de versejar.
Para ti, meu anjo, horas enfeitadas de sorrisos, noites salpicadas de estrelas, e tudo junto ao meu carinho,
Helena

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Lindos versos, Evanir querida.
Fiquei imensamente feliz com a sua gentil visitinha.
Obrigada por brincar conosco.
Um beijinho e o meu carinho.
Verena e Bichinhos.

Nal Pontes disse...

Linda postagem como sempre. Saudades de vc querida. Desejo um lindo final de semana pra ti querida. Bjs

Denise disse...

lovely words

Beatriz Bragança disse...

Querida Evanir
Obrigada por partilhar um tão lindo poema de amor! Romântico, com a Natureza presente e bela!
Bom fim de semana.
Um beijinho
Beatriz

Beatriz Bragança disse...

Querida Evanir
Obrigada por partilhar um tão lindo poema de amor.Romântico, com a Bela Natureza sempre presente.
Bom fim de semana.
Um beijinho
Beatriz

Malu Silva disse...

Linda e querida amiga! Grata pela sua visita...
Lindo fim de semana e sempre aprecio o seu modo de homenagear os amigos!

Ana Freire disse...

Mais uma bela escolha, para nos surpreender e encantar, Evanir!
Adorei este poema lindíssimo!
Beijinho
Ana

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios