sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Obrigada por sua visita! Seu comentário é muito importante para mim...

O preto, diferente do branco....
Clara evidência.
E ainda que as candeias se acendam durante o dia
Desmaiam diante do Sol intenso.
Mas para o negro mais escuro, as estrelas dão o brilho.

Percorrer a noite escura tem o seu saber.
Ainda que não se vejam, os astros brilham,
Sempre mais alto.
Enaltecem o Firmamento....

É saber...Sim. 
O ideal,  é que cada partícula pertença ao Universo.
Se estão tão próximos, os silêncios das vozes caladas,
Falas esquecidas no pez da noite.
 Eu vou ouvir.

Abeira-se a proximidade do sentimento eleito... Paz

Neste novo amanhecer, eu pergunto á aurora:
Para onde se aproxima o dia?
 Mas não há resposta.
Apenas se ouve um tropeçar distante, num passado já vivido,
Recalcando as passas no caminho

Será vida a cores... ou a preto e branco?
É mais um “A...”, verdade, nua e crua das divergências.
O Tudo tão distante...nada, nada no vazio daquele mar tenebroso,
O Cabo Das Tormenta

 Na barca da alegria
Escondem as verdades mentirosas.
Só resta a última realidade. Ela fala.
Mas mesmo nessa, mentem os sentimentos.

Leva a dor, e com precaução, a ilusão.
Chegando mesmo a negar-se á última versão.
O Tudo e o Nada, nunca estiveram tão próximos.
Chega assim, ao Cabo da Esperança.

Utilia Ferrão
Publicada por DE MÃOS DADAS
http://demaosdadasnacaminhada.blogspot.com/ 


Eu sou seu anjo gostaria de morar no seu blog
prometo te fazer companhia  quem sabe 
poderei guiar seus passos.
E iluminar seu caminho.
Um final de semana abençoado por Deus.

13 comentários :

Crocheteando...momentos! disse...

Evanir obrigada pelo anjinho e pela poesia carregada de esperança... Bj

Maria Teresa Valente disse...

Olá, Evanir!
Lindo poema!
Sou apaixonada por suas imagens,
gostaria de tê-las em meu blog,
mas não sei como trazer,
já tentei, mas não deu certo!
Obrigada, bom fim de semana!
Abraços carinhosos
Maria Teresa

Denise disse...

enjoyed this post.

Arlete Mourige disse...

Olá Evanir!Fizeste ótima escolha este poema é muito lindo!Tenha um abençoado fim de semana.Beijo

Cidália Ferreira disse...

Excelente, como sempre!!

Beijo, bom fim de semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Vikee disse...

Nice post

Love Vikee
www.slavetofashion9771.blogspot.com

emanuel moura disse...

Boa noite querida afilhada um poema maravilhoso que nos cativa do princípio ao fim ,muitos beijinhos no seu lindo coração.

CHARO disse...

PASO A DESEARTE UN FELICÍSIMO FIN DE SEMANA.BESICOS

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, e verifiquei que eu estava a seguir sem foto, por motivo de uma acção do google, tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.

Sony Azevedo disse...

Boa tarde querida Evanir, sempre passava em seu blog, A viagem prêmios recebidos e ficava sem saber onde estavam as suas postagens. Hoje finalmente encontrei e vou colocar o link no meu blog; assim não nos perdemos mais. Belos versos. Muita luz e paz. Beijo no coração

Solange Duarte disse...

um belo e brilhante final de semana pra vc..

bjs.Sol

Pensamentos Com Asas disse...

Um belo poema encantador florzinha. Eu amei!♥♥
tenha um lindo dia anjo, beijos.

Ana Freire disse...

Mais uma postagem absolutamente encantadora, Evanir!
Adorei! Um beijinho grande...
Ana

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios