domingo, 13 de dezembro de 2015

Obrigada por sua visita! Seu comentário é muito importante para mim. 

Coração vazio,
pensamentos inertes.
Alma machucada...
Choro sem lagrimas!
Presente inócuo te fez desistir,
do amor que teimava existir.!
O medo da coragem
dos dias aproximando.
Te trouxe a verdade,
do amor se acabando!
Tu queria  realizar
 um de seus sonhos.
Foi persistente, presente...
E agora, na realidade,
se tornou ausente!
Sentiras a falta,
dos dias de risos fartos?
Dos choros de felicidade,
do beijo não dado?
Sentiras a falta do som da voz?
Do 'Bom dia'  nas manhãs,
nas mensagens deletadas?
E, quem sabe no futuro,
ao desatar os seus nós...
As lagrimas cairão,
sentindo a falta de nós!
Difícil terminar algo assim...
Fácil de existir,
impossível de assumir!
O Adeus era inevitável...
O fim de um começo,
nunca provável!
Nunca mais borboletas,
nunca mais vaga-lumes...
Mas deixaras a luz acesa,
e a porta aberta...
Para não perder o costume!

-Rosa Azul- 
Postado por Simone Martins.
Deus abençoe a semana de todos.
Leve meu carinho
e beijos na Alma..

16 comentários :

José Carlos Bortoloti disse...

Parabens Evanir!

Fantástico, lindo, perfeito e sua poesia divinamente introspectiva.

Continue

Privilégio seguí-la via G+
No TT @profeborto

Abraços gaúchos

Borto
www.epensarnaodoi.blogspot.com.br

Rosa Mª Villalta disse...

¡Muy bello poema!
Muchas gracias.
Abrazos.

Crocheteando...momentos! disse...

Belíssima a sua escolha! Uma semana bem Boa!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Que Deus abençoe você também querida amiga Evanir e que tenha uma semana de muita Luz e Paz.
Bjs.Carmen Lúcia.

ONG ALERTA disse...

Sempre lindo poder vir aqui Bjbj Lusette.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Evanir
Como sempre aqui encontro soberbos poemas, este é mais um. Amei

Beijo e um dia feliz
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ambra disse...

Buona settimana cara Evanir e un abbraccio.

CHARO disse...

Siempre nos regalas bonitos poemas así que da gusto venir por aquí.Besicos

emanuel moura disse...

Boa tarde querida afilhada ,muito lindo sempre lindas partilhas que aqui deixa no seu lindo cantinho onde o amor perdura e a esperança renasce ,querida afilhada desejo-lhe toda a felicidade do mundo ,muitos beijinhos no seu lindo coração.

Fê blue bird disse...

Que belo momento de poesia nos ofereceu amiga Evanir.

Querida amiga, que o espírito de Natal traga aos nossos corações a fé inabalável dos que acreditam num novo tempo de paz e amor.
Que o seu Natal seja abençoado com saúde e iluminado de amor.

Boas Festas!
Um beijinho

Denise disse...

really wonderful writing.

Graça Pires disse...

Uma semana abençoada para você, amiga.
Beijo.

Mário Margaride disse...

Belíssimo poema aqui nos partilhas!

Gostei muito.

Beijinhos e boa semana!

Manuel disse...

Visitar e ler os belos poemas que aqui nos deixa.
É com prazer que percorro as linhas destes Blogue, onde se sente a beleza das coisas e a bondade dos pensamentos.

Helena Medeiros Helena disse...

Todo final de romance traz esta nostalgia, um não querer desapegar daqueles detalhes que um dia foram tão importantes na formação de uma história... Aquelas minúcias que juntas partilhadas pareciam ofertar os céus... Os momentos vividos, as experiências partilhadas, chegam assim a toda hora no pensamento, no coração, no olhar, como se o desapegar do tempo que forçosamente temos que deixar para trás nos arrancasse pedaços... Temos medo de nos diluir nas lembranças, de sermos esquecidos, e nos apegamos a tudo aquilo que possa nos conduzir de volta aos sonhos hoje destroçados... É difícil descartar as lembranças quando ao final de um relacionamento, e ficamos ali, esmiuçando, como se estas recordações pudessem fazer uma ponte por onde o ser amado quisesse voltar.
Evanir, que poema mais doce, mais sentido, e tão cheio de significados.
Nestes dias que antecedem o Natal a gente apronta uma correria danada, mas tem amigos que nos dá prazer visitar, arranjando um tempinho a mais para esta gratificante visita. Assim é o teu cantinho, minha querida amiga.
Que o teu Natal tenha o sabor das coisas boas que espalhas entre teus amigos com tanta generosidade, que possas receber sorrisos e estrelas nesse teu coração já tão iluminado de amor.
E que o ano de 2016 chegue trazendo as realizações que hoje são apenas planos no teu olhar.
Meu carinho, minha linda, e grata por todas as coisas boas que me trouxeste no ano que está a findar.
Com carinho,
Helena

Ana Freire disse...

Palavras belas e sentidas, evocando um amor perdido...
Como habitual, uma partilha plena de sensibilidade, por aqui... e sempre feita com muito amor...
Beijinhos
Ana

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios