quinta-feira, 23 de abril de 2015

Por um momento apenas..

Quero um pedacinho de tempo para poder descansar esse peso do mundo que estou sentindo em meus ombros .
Um tempo onde não me perguntem nada, nem me peçam nada, 
apenas me permitam o direito de dar vazão ao pranto que venho engolindo com o café-da-manhã ,
enquanto visto a máscara de "olhem como sou valente e forte.

Quero ser a criança que pode chorar livremente até que me ponham no colo,
restabelecendo assim, o equilíbrio que necessito para dormir em paz.
Quero me aventurar na busca dos sonhos, sem ter que vê-los pintados com as cores do desânimo, 
ou coloridos com as cores do impossível.
e quero poder brincar com meus sonhos como se fossem massinha de modelar ilusões .
lambuzar neles meus dedos, até decidir quando precisam se desfazer .

Quero ter companheirismo também nas horas em que tudo parece ter se perdido, 
e encontrar apenas um ombro "amigo" onde possa repousar meu cansaço, 
um ombro que seja silêncio e carinho. 
Quero deixar que me invada toda a dor do mundo neste instante, 
porque ela é minha, real e única, e que como tal seja aceita e compreendida . 
mesmo que eu ainda não saiba lidar com ela .

E quero poder dizer : 
Está doendo sim ! 
Sem assustar ninguém, causando uma revolução tão grande
 que meu mundo pareça ainda mais desabitado ..
Seria possível?

Daqui a pouco tudo vai parecer diferente e novo, eu sei. 
Vou secar os olhos e vou à luta outra vez 
e da dor hei de ressurgir mais forte .

Porque sou noventa e nove por cento matéria que dificilmente se desintegra ..
Então, por favor , por um momento apenas, neste meu pequeno momento humano,
neste "por cento" de fragilidade, quero ser igual a todo mundo e chorar 
AD.

Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais.


Parabéns : A todos escritores .
Tenho um imenso orgulho do meu Livro.
Por Enquanto apenas um espero
em " Deus "publicar o segundo no próximo Ano.
Com certeza aos poucos estou escrevendo.
Um forte abraço a quem adquiriu um.
Um forte abraço a quem ganhou em sorteio.
E quem sabe jamais esquecerá 
dessa humilde pessoa que sempre fui.
Meu carinho e eterna gratidão.

18 comentários :

Diana Fonseca disse...

Força!

✿ chica disse...

Os choros devem ser derramados para depois as coisas melhor ficarem! bjs, chica

Cidália Ferreira disse...

Parabéns por sempre nos apresentar soberbos poesias.

Tenha um bom fim de semana.

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

María José Collado disse...

El peso del mundo puede agobiar, es necesario desconectar de vez en cuando, dedicarnos un poco de tiempo y averiguar qué estamos buscando. Un abrazo.

emanuel moura disse...

Boa noite querida afilhada neste dia tão especial do livro dou-lhe os parabéns pelo primeiro livro ,agora que venha o segundo ,pois estou cheio de curiosidade querida afilhada ,desejo-lhe toda a felicidade do mundo ,muitos beijinhos no coração Emanuel.

Lola Sánchez Lázaro disse...

Muy bonito cómo has descrito esas emociones que todos sentimos. Un saludo,
Las letras de mi despensa

Crocheteando...momentos! disse...

MARAVILHOSO momento repleto de bela poesia! Bj amigo

Ana Bailune disse...

Bom dia, Evanir.
Todos temos direito a este momento!

Rita Freitas disse...

E a isto chama-se viver: chorar, sorrir, sofre, mas sempre com a esperança de amanhã se melhor.

Beijinhos

Lilasesazuis Gata disse...

Que lindo texto, Evanir
Às vezes é preciso dar um tempo...
Um tempo para rever as coisas que precisamos mudar, ou simplesmente um tempo para reciclar.
Tem vezes que preciso de um tempo para recarregar as energias...
É como se eu me sentisse esvaziada de forças, de palavras, de sentidos e sentimentos.
Esse tempo se faz necessário.

Beijinhos

Lígia e =^.^=

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde Evanir

Lendo o teu fabuloso poema não me consigo suster sem dizer: Quantas vezes precisamos dos nossos próprios silêncios a fim de escutar a nossa alma, não é verdade?.
Quantas vezes esses silêncios, feitos solidão em lágrimas, não nos fazer entrar em pranto por algo que parece estar logo ali mas que, na verdade, está um pouco...além
.
Desejo um feliz fim-de-semana
Ando por aqui:
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Evellyn Lima disse...

Oi tia,tudo bem? sou neta da Célia e prima da Yasmin.
e sabe o que vim fazer aqui?
Te convidar a ir na minha festinha,uma em meu blog que Yasmin preparou com a vovó,ou será vovó com Yasmin e a outra adivinhas? No salão de festa da ilha,sim a minha tia festeira fez um festão pra mim,tô tão feliz!..Mas ficarei mais feliz se vc fosse.
Bjsss e tem um mimo lindinho que ela fez. Te aguardo nas duas festinhas tá?

CHARO disse...

HAY MUCHO SENTIMIENTO EN ESTE ESCRITO.BESICOS

Dilmar Gomes disse...

Cara guerreira amiga Ivanir, todos nós, em determinados momentos de nossas vidas, passamos por turbulências, momentos difíceis, entretanto, sabemos que tais momentos não são eternos, que passada a tempestade vem a bonança.
Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

Guaraciaba Perides disse...

oi, Evanir...caminhar é preciso e na caminhada produzir o bem e o bom, realizando os sonhos possíveis.
Um abraço

Enrico zio disse...

Un abbraccio affettuoso. Buon fine settimana.
enrico

Portugalredecouvertes disse...

Que texto tão bonito! fiquei maravilhada com as palavra escritas
espero que o dia seja feliz e que a cor do mundo se transforme em arco-íris de beleza e de bondade
beijinhos
feliz fim de semana
Angela

Manuel disse...

Como sempre passei para me deliciar com a leitura, a simpatia e a beleza das imagens.
Desejo um Bom fim de Semana.
Beijinhos

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios