domingo, 26 de abril de 2015


Eu sou criança.
 E vou crescer assim. Gosto de abraçar apertado, sentir alegria inteira, inventar mundos, inventar amores. Acho graça onde não há sentido. Acho lindo o que não é. O simples me faz rir, o complicado me aborrece. O mundo pra mim é grande, não entendo como moro em um planeta que gira sem parar, nem como funciona o fax. Verdade seja dita: entender, eu entendo. Mas não faz diferença, o mundo continua rodando, existe a tal gravidade, papéis entram e saem de máquinas, existem coisas que não precisam ser explicadas. (Pelo menos para mim).

O que importa é o que faz os meus olhos brilharem, o coração bater forte, o sorriso saltar da cara. Eu acho que as pessoas são sempre grandes e às vezes pequenas, igual brinquedo Playmobil. Enxergo o mundo sempre lindo e às vezes cinza, mas para isso existem o lápis-de-cor e o amor que a gente aprendeu em casa desde cedo. Lembra?
Tenho um coração maior do que eu, nunca sei minha altura, tenho o tamanho de um sonho. E o sonho escreve a minha vida que às vezes eu risco, rabisco, embolo e jogo debaixo da cama (pra descansar a alma e dormir sossegada).

Coragem eu tenho um monte. Mas medo eu tenho poucos. Tenho medo de filme de terror, tenho medo das pessoas, tenho medo de mim. Minha bagunça mora aqui dentro, pensamentos entram e saem, nunca sei aonde fui parar. Mas uma coisa eu digo: eu não paro. Perco o rumo, ralo o joelho, bato de frente com a cara na porta: sei aonde quero chegar, mesmo sem saber como. E vou. Sempre me pergunto quanto falta, se está perto, com que letra começa, se vai ter fim, se vai dar certo. Sempre pergunto se você está feliz, se eu estou linda, se eu vou ganhar estrelinha, se eu posso levar pra casa, se eu posso te levar pra mim, se o café ficou forte demais. Eu sou assim. Nada de meias-palavras. Já mudei, já aprendi, já fiquei de castigo, já levei ocorrência, já preguei chiclete debaixo da carteira da sala de aula, mas palavra é igual oração: tem que ser inteira senão perde a força.

Sou menina levada, princesa de rua, sou criança crescida com contas para pagar. E mesmo pequena, não deixo de crescer. Trabalho igual gente grande, fico séria, traço metas. Mas quando chega a hora do recreio, aí vou eu... Beijo escondido, faço bico, faço manha, tomo sorvete no pote, choro quando dói, choro quando não dói. E eu amo. Amo igual criança. Amo com os olhos vidrados, amo com todas as letras. A-M-O. Amo e invento. Sem restrições. Sem medo. Sem frases cortadas. Sem censura. Sem pudor. Quer me entender? Não precisa. Quer me amar? Me dê um chocolate, um bilhete, um brinde que você ganhou e não gostou, uma mentira bonita pra me fazer sonhar. Não importa. Criança não liga pra preço, não liga pra laço de fita e cartão de relevo. Criança gosta de beijo, abraço e surpresa!
Fernanda Mello.
Um beijo carinhoso no coração de todos ,
que tão carinhosamente tem visitado meu blog.
Eu sou feliz com tudo que Deus reserva para mim,
com tudo ele me presenteia a cada amanhecer .
A felicidade depende de nos sabermos valorizar cada
segundo da nossa vida.
E como somos precisos para Deus!!.

17 comentários :

Maria disse...

MInha querida afilhada que belo texto cheio de força de incentivo partilhou connosco...obrigada!
Que seu coração se encha de paz e serenidade este dia e sempre e que tudo o que deseja seja em breve alcançado.
Estou como sempre consigo no coração.
Beijinhos mil minha querida e que Deus abençoe dos seus dia.
Maria

emanuel moura disse...

Bom dia minha querida afilhada que tanto amo e estimo acima de tudo ,primeiro que tudo espero que tenha um Santo e feliz Domingo cheio de felicidade .
Um terno e lindo momento que acabei de ler ,a eterna meninez que nos acompanhara para sempre dentro do nosso coração,pois seremos sempre o fruto dessa criança que aprender a crescer e se transformou num adulto com saudades dessa criança que vivia liberta das coisas que nós adultos temos que saber viver.
Querida afilhada deixo-lhe muitos beijinhos no seu lindo coração,Emanuel seu padrinho que tanto a ama.

Cidália Ferreira disse...

Sempre com belas postagens por aqui.
Gostei...

Um Domingo Feliz.
Beijos


http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Lilasesazuis Gata disse...

Que Lindas palavras, Evanir
E posso lhe dizer que quem não receber o Reino de Deus, como uma criança,nunca entrará nele.
Tenha um domingo feliz !!!

Beijinhos

Lígia e =^.^=

CHARO disse...

Un beso también para tí Evanir......siempre nos pones unos mensajes preciosos.Besicos

Dilmar Gomes disse...

Ótima cronica, amiga Evanir. UM abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

Mônica disse...

Evanir
Ser criança é assim mesmo! Delicioso texto!
com carinho MonicA

Lu Dantas disse...

Que lindo texto!!
Que possamos sempre cultivar essa criança dentro de nós com leveza, alegria e amor no coração.

Beijo grande!

www.lucadantas.blogspot.com.br

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Evanir, bom dia!
Que lindo texto.
Precisamos mesmo ser preciosos aos olhos de Deus, e esperar sempre Nele!
Beijos, uma linda semana!
Mariangela

Ailime disse...

Boa tarde minha amiga e Afilhada Evanir,
Um texto lindo que nos relembra que sentir como uma criança é um dom de Deus!
Ele nos ama a todos por igual, nos aceita como somos!
Deixo o meu beijinho de luz e paz no seu coração!
Boa semana!
Com o meu carinho e amizade, sempre.
Ailime

EU disse...

Uma bela partilha, Evanir! Um texto onde também se podem retirar "instruções" para a vida.
BJO, querida :)

Mariazita disse...

Queria Evanir
Muito bonito, esse texto, que nos leva a reflectir no sentido da vida.

Estou dando um pequeno intervalo na escrita do meu livro, vindo visitar alguns blogs amigos. Tenho saudades... mas não posso ir a todos ao mesmo tempo. Vou-o fazendo aos poucos...

Votos de óptima semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Denise disse...

Your blog is so lovely, jut like your heart.

Luma Rosa disse...

Oi, Evanir!
As pessoas simplesmente são o que são e deveriam se contentar com as qualidades que possui e entender que não podemos ser cem por cento em tudo. Aceita-se e enxergar as bençãos que recebemos todos os dias é caminho para a felicidade.
Que a paz esteja sempre em seu coração!
Beijus,

Graça Pires disse...

Um excelente texto. "O que importa é o que faz os meus olhos brilharem, o coração bater forte, o sorriso saltar da cara". Concordo tanto...
Um beijo.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo texto...Espectacular....
Cumprimentos

Rô... disse...

oi minha amiga,

sou eterna criança,tenho muito orgulho disso,e me sinto muito feliz...
adorei sua escolha!!!

beijinhos

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios