sábado, 18 de abril de 2015

Por um momento apenas

Quero um pedacinho de tempo para poder descansar esse peso do mundo que estou sentindo em meus ombros .
Um tempo onde não me perguntem nada, nem me peçam nada, 
apenas me permitam o direito de dar vazão ao pranto que venho engolindo com o café-da-manhã ,
enquanto visto a máscara de "olhem como sou valente e forte.

Quero ser a criança que pode chorar livremente até que me ponham no colo,
restabelecendo assim, o equilíbrio que necessito para dormir em paz.
Quero me aventurar na busca dos sonhos, sem ter que vê-los pintados com as cores do desânimo, 
ou coloridos com as cores do impossível.
e quero poder brincar com meus sonhos como se fossem massinha de modelar ilusões .
lambuzar neles meus dedos, até decidir quando precisam se desfazer .

Quero ter companheirismo também nas horas em que tudo parece ter se perdido, 
e encontrar apenas um ombro onde possa repousar meu cansaço, um ombro que seja silêncio e carinho. 
Quero deixar que me invada toda a dor do mundo neste instante, 
porque ela é minha, real e única, e que como tal seja aceita e compreendida . 
mesmo que eu ainda não saiba lidar com ela .

E quero poder dizer : 
Está doendo sim ! 
Sem assustar ninguém, causando uma revolução tão grande que meu mundo pareça ainda mais desabitado .
Seria possível?

Daqui a pouco tudo vai parecer diferente e novo, eu sei. 
Vou secar os olhos e vou à luta outra vez 
e da dor hei de ressurgir mais forte .

Porque sou noventa e nove por cento matéria que dificilmente se desintegra .
Então, por favor , por um momento apenas, neste meu pequeno momento humano,
neste "por cento" de fragilidade, quero ser igual a todo mundo e chorar 
AD.

Chore quando for preciso desabafar aquela agonia incontrolável.
Se sinta cansado, exausto de tanto pular, gritar, dançar e cantar.
E que no fim da noite você pense.
 VALEU A PENA!

19 comentários :

Enrico zio disse...

Mentre leggo questo post mi sento inutile e provo un brivido lungo la schiena. Buon fine settimana cara Evanir un abbraccio, bacio
enrico

Maria disse...

Minha querida Evanir
É tempo de força, coragem, esperança e muita fé...Tenho a certeza de que tudo correrá bem minha doce afilhada...está como sempre nas minhas orações....Todo o meu carinho minha querida afilhada.
Beijinhos mil Maria

Juliana Rosa disse...

Evanir vc traduziu que sinto na alma e pois muitas vezes me sinto assim, com vontade de chorar sem assustar as pessoas e parar de usar a minha mascara de "olhem como sou forte", também. E como vc disse, depois disso voltamos fortes. Por mesmo tendo nosso momento humano, somos guerreiras com a força de Deus. Tenha um maravilhoso fim de semana. Bjos.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Evanir
Seus posts poemas são do fundo da alma e um desabafo necessário...
Seu coração emana coisas boas...
Bjm fraterno e carinhoso

Elvira Carvalho disse...

Bonita mensagem.
Um abraço e bom fim de semana

Cores do Caminho por Alice Meca disse...

Oi Evanir, que lindo isso Flor. Me emocionei verdade.
As vezes tambem quero muito tudo isso que foi descrito.
Bjks e otimo findi semana.

Fê blue bird disse...

Minha querida amiga um poema tão bonito e comovente.
Quantas vezes não tive essa vontade louca de desabafar.

Beijinho e bom fim de semana amiga Evanir

CHARO disse...

Todos necesitamos tiempo para descansar de las sorpresas con que nos sorprende la vida y que nos hacen sentir mal.Besicos

Ailime disse...

Minha querida amiga e Afilhada Evanir,
Venho deixar-lhe o meu abraço carinhoso desejando que Deus continue a dar-lhe toda a força e coragem!
Beijinhos de luz e paz no seu coração com o meu carinho e amizade, sempre!
Ailime

Cidália Ferreira disse...

Boa noite Amiga
Sempre me fascino com as sua poesias.

Beijinhos, bom fim de semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

emanuel moura disse...

Boa noite querida afilhada,
quero ser seu porto de abrigo ,
sua ancora que tudo suporta ,
seu pilar que sustenta toda a leveza e amargura desta vida ,
quero ser muito mais que uma palavra de alimento,quero ser como raio de sol no breu da escuridão,quero ser como uma leve brisa que acaricia seu rosto , ser uma lágrima de felicidade ,quero ser como um rio cheio de emoções,ser como uma ponte cheia de esperança ,quero ser simplesmente uma gota de amor nesta imensidão de momentos que a vida nos proporciona como elos que nos segura a vida .Querida afilhada desejo-lhe toda a felicidade do mundo ,muitos beijinhos no coração.

AMBAR disse...

Muchas gracias Evanir por tu visita y cariñosas palabras en mi espacio.
Y gracias por las bellas letras que aquí nos regalas, es cierto que muchas veces el alma queda oprimida por la angustia y llorar es beneficioso para recobrar la calma.
Un buen fin de semana y un abrazo.
Ambar

Nyce Pinto. disse...

Que linda mensagem!Precisamos sim desse entendimento, amplo, logico! Sabemos da efemeridade da existência material diante da realidade espiritual, mas enquanto caminhamos por essas paragens, vamos buscando o equilíbrio e procurando vivenciar o amor maior e real! Que Deus abençoe sempre tua vida! Um abraço.

Nyce Pinto. disse...

Que linda mensagem!Precisamos sim desse entendimento, amplo, logico! Sabemos da efemeridade da existência material diante da realidade espiritual, mas enquanto caminhamos por essas paragens, vamos buscando o equilíbrio e procurando vivenciar o amor maior e real! Que Deus abençoe sempre tua vida! Um abraço.

Arlete Mourige disse...

Oi amiga!Mensagem linda muitas vezes nos sentimos assim,Beijos

Graça Pires disse...

"da dor hei de ressurgir mais forte". É isso mesmo, amiga...
Um beijo

Edumanes disse...

Quer pedacinhos de tempo,
para seus poemas escrever
saudades voam no pensamento
com saudades fico de te não ver!

Estas palavras deixo aqui,
para quando as quiser ler
as tuas, Evanir, já as li
guardo-as para não te esquecer!

Tenha então uma boa noite minha afilhada Evanir, e também um bom dia de domingo, um beijo,
Eduardo.

Vikee disse...

Great post

Love Vikee
www.slavetofashion9771.blogspot.com

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Que texto lindo, Evanir. Saudades, amiga. Espero de coração que esteja bem, sempre bem. beijos.

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios