quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Obrigada por sua visita! 
Seu comentário é muito importante para mim..

Sim.....sinto......sinto saudades...
De abrir as janelas da alma....
Imaginar quantas janelas de alegria.....
Poderia abrir.....e as possibilidades encantadoras......
Mas elas estão travadas.....emperradas.....
Com as dobradiças enferrujadas.....como a alma..... 
Saudade...
Que saudade dos dias em que segurava a caneta....
E as palavras flutuavam .....como nuvens....
Adormecia com versos.....poemas...
Que saiam da minha boca.....
Tantas vezes .......sinto-me tão vazia....
E por vezes.....sou abandonada....esquecida......
Perdida nas tardes de outono....de inverno.....
Sem sentido......sem lugar....no teu coração....
Despida de sentimentos.......
Eu só queria ser a cama que te abraça.....
A rua onde tu andas...
Tocar os teus pensamentos com os meus lábios....
Como o vento que sopra suave.....
Sonhar.....sonhar com a lua e acordar o sol....
Para aquecer os meus pensamentos....a minha alma....
Voar nem que seja por alguns segundos...
Agarrando-te..... e sentir-te como um desejo imenso...
Incontrolável ...
Para abrir... e escancarar a janela dentro de mim...de ti.!!
Isabel Morais Ribeiro.

Sí ..... ...... te extraño ...
Para abrir las ventanas del alma ....
Imagínese cuántas ventanas alegría .....
Podría abrir ..... y posibilidades encanto ......
Pero ellos están bloqueados ..... pegado .....
Con las bisagras oxidadas ..... como el alma .....
Saudade ...
Echo de menos los días en que la celebración de la pluma ....
Y las palabras flotaban como nubes ..... ....
Se quedó dormido con versos ..... poemas ...
Dejando mi boca .....
Tantas veces ....... me siento tan vacío ....
Y a veces ..... estoy abandonado olvidado .... ......
Perdido en las tardes de otoño invierno .... .....
Sin sentido ...... hay lugar en tu corazón .... ....
Desprovisto de sentimientos .......
Yo sólo quería ser la cama para abrazarte .....
La calle donde caminas ...
Juega tus pensamientos con mis labios ....
Como el viento que sopla suave .....
Sueño ..... sueño sobre la luna y despertar el sol ....
Para calentar mis pensamientos .... mi alma ....
Vuela aunque sea por unos segundos ...
Agarrando usted ..... y te sientes como un inmenso deseo ...
Incontrolable ...
Abrir ... y tirar abrir la ventana dentro de mí ... usted. !!
IsabelMoraisRibeiro .
Beijos no coração Afagos na Alma.

24 comentários :

CHARO disse...

Un precioso texto y todo un detalle el que lo hayas traducido.Besicos mil

Solange Duarte disse...

Lindo demais isso!

Bjs.Sol

Crocheteando...momentos! disse...

Como sempre...excelentes escolhas poéticas...bj

Bell disse...

Abrir a janela da alma faz um bem tão grande...

bjokas =)

Dilmar Gomes disse...

Amiga Evanir, por mais contraditório que pareça direi que o post é um lindo poema triste.
Um abração. Tenhas uma ótima tarde.

Ritinha disse...

Solidão transformada em poesia, lindo!!!

angelimcosmeticos.com.br

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Buenas tardes Evanir, sus palabras son eco de un alma que suspira y retiene el bello sueño dela amor.
Excelente texto.
Le dejo un gran abrazo.
Sor.Cecilia

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Evanir, um poema de amor, um lamento de ausência, mas de amor.
Lindo!
Um abraço

Janaína Campos disse...

Belíssimo texto!!!!!!!!!!!!
Beijos,
A Casa da Mãe Jana

Algodão Tão Doce disse...

Palavras gentis são um favo de mel, doçura para a alma
e saúde para o corpo.(Pr 16,24)
Obrigada amiga, pela visita atenciosa!
Beijo grande, Marie.

Arlete Mourige disse...

Que linda escolha !Este poema é lindo.Beijo no coração

pepa pp disse...

gracias por su visita y te sigo me encantaron los versos en portugues, la traduccion me gusta menos pero precioso poema, besssssssssssssss

Josiel Dias disse...

Olá, gostaria de registrar que gostei de mais desse site.
Já virei um seguidor. Aproveito para convidá-lo a conhecer também
o nosso blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se
seguir-nos.

Mensagem edificante para alma.
Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querida, Evanir, faz bem quando podemos abrir as janelas da nossa alma.O sol espiritual nos aquece e nos faz felizes. Basta que queiramos e seremos como anjos que voam e enchem a terra de alegria. Grande beijo!

Ailime disse...

Boa noite minha querida e linda Afilhada,
Que poema tão lindo! Dos mais belos que li ultimamente!
Desejo que a esperança se renove a cada dia em seu bondoso coração.
Tenha uma noite tranquila.
Beijinhos de luz e paz!
Com o meu carinho e amizade, sempre.
Ailie

Zélia Chamusca disse...

Belos poemas, Evanir, grata pela partilha,
ZCH

Marina Fligueira disse...

¡Hola Evanir!!!

Son una maravilla de poesías. Siempre es un inmenso placer pasar por tu casa y empaparme de bellas letras.
Gracias por el deleite de esta lectura.
Un abrazo.

Toninho disse...

Sempre uma bela partilha amiga.
Parabéns às mãos abençoadas que expressam belas inspirações.
Gostei da Isabel.
Um carinhoso abraço no belo fim de semana que lhe desejo.
Beijo

Manuel Luis disse...

Não é difícil mudar o que está pêrro, basta a boa vontade.
De janela aberta, vai um beijo.

Adriana Dezerto disse...

Olá querida!
Só de falar em saudade sentimos aquela dorzinha no peito. Este é um dos sentimentos que me confunde.
Feliz 2015 e um forte abraço♥
profaadrianadezerto.blogspot.com.br

AMALIA disse...

Un fuerte abrazo.

Magia da Inês disse...

⋰˚هჱܓ

Ótimo fim de semana!
Com muita paz e harmonia!!!
Beijinhos do Brasil
ჱ✿ه° ·.

emanuel moura disse...

Querida afilhada ca estou eu admirando e contemplando toda a imensidao deste lindo momento de poesia que delicadamente postou ,querida afilhada ao ler este poema liberto-me de todo o stress de mais um dia de trabalho ,desejo-lhe toda a felicidade do mundo ,que Deus continue iluminando a sua vida ,muitos beijinhos no coraçao.

Ingrid disse...

deixo beijos para um lindo final de semana.
escolha linda!

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios