terça-feira, 10 de maio de 2011

Minha.. Homenagem..Brasil.. E..Portugal

Potugal
A ESCOLHA ESTÀ EM NOSSOS MÃOS
Heróis de todo o mundo,
vós que subis ao pódio todos os dias,
que vos vangloriais das vitórias,
erguei hoje essas almas vazias!
Admiti que a vitória
é muitas vezes a derrota da humildade,
não ficareis na história,
vivereis em falsidade vossa vaidade!
Vaidade vã,
porque é vão esse apego material,
porque é vã a vitória terrena
à vitória espiritual.
Descei à terra da vossa ignorância,
admiti que de nada vale a fama,
que semeia em vossas almas a inconstância,
pódio que acabará desfeito em lama.
Semi-deuses, heróis, campeões,
sede humanos, com virtudes e defeitos,
essas vossas ilusões,
transformar-vos-ão em seres ocos e imperfeitos.

Sejam heróis dos vossos sonhos,
enchei a alma de emoção!
Despojai-vos da glória inglória
e sejam apenas seres humanos com coração!
Publicada por Célia Gil,
Portugal
Verso Vão

Onda de sol, verso de ouro,
perífrase vã. Extasiar-me,
antes, por esta fusão,
mistura de brilhos. Ou, ainda
mais íntima, a consciência
extensa como o céu, o corpo de tudo,
semelhança absoluta. Respirar
na quebra da onda. Na água,
uma braçada lenta
até ao limite de mim.

Fiama Hasse Pais Brandão,
in "Três Rostos" - Ecos
http://xailedeseda.blogspot.com/
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Brasil
Criação do Prazer
No jardim encontrei-te: - Jovem Eva!
Nos florins e nas pautas da canção
Grafei com letras d´ouro e ilusão!
Enfim vi as luzes em minhas trevas.

Tua face me ilumina e me eleva...
Borro versos... Um choro de emoção!
Sou o plebeu com as vestes de Adão
E contemplo tuas cores numa tela.

Beijo teus pés! – somente pra mim:
- Na alcova... Ah, lembro da criação de Caim
Que saiu do cálice da serpente!

A serpe correu com corpo de mel
Noutra noite... Sorrimos por Abel!...
Em pranto de alegria sou: - O inocente!
Machado de Carlos
http://machadodekarlos.blogspot.com/
@@@@@@@@@@@@@@@
Brasil.
Encantos
Não há, para meus olhos
Algo tão belo, quanto a natureza
O céu, o sol, a lua e as estrelas
A terra e o mar
A soma de tudo resulta
Que nada é mais lindo que a vida
Que da a chance, de tudo isso apreciar
O céu tem um azul infinito
O sol com seu brilho de ouro
A lua e as estrelas, fazem o amor aumentar
Pois para os enamorados, é companhia que não pode faltar
O mar com suas ondas gigantes
Tantos segredos é capaz de guardar
Tudo que na areia se escreve
O mar tem como levar
A vida, é deslumbrante
Pois ela teve o poder
De nos dar um coração
Para podermos amar, muitas vezes odiar
Sorrir e também chorar
O mais importante:
Saber perdoar....
Pensamentos PRECIOSA MARIA
http://preciosamaria.blogspot.com/


46 comentários :

edumanes disse...

Deixo aqui em sua viagem
Os meus mais sinceros elogios
À autora da homenagem, e todos
Os homenageados, que bem merecem.
Pelos seus belíssimos poemas.

Vivo cada dia mais feliz
Por ter encontado vossa amizade
Foi Deus que assim o quis
Amigos,vivemos nossa lealdade.
Neste caminho longínquo
Muito andei para aí chegar
Foi Deus que me indicou
Para seguir minha amiga
Sua fascinante, e infindável viagem.
Um abraço
Eduardo.

✿ chica disse...

Essa troca de carinhos, esse cruzamento de poesias daqui e do amigos de Portugal fica lindo sempre aqui.

Vale essa interação ...Linda idéia tua.

beijos,chica

нєllєи Cαяoliиє disse...

'e sejam apenas seres humanos com coração!' e disso que o mundo precisa :)
Lindas poesias,Querida!
Beijo

Élys disse...

Muito lindo a forma de homenagear e as poesias.Beijos,
Élys.

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre boas escolhas...feita com carinho.

Beijinho
Sonhadora

Luna disse...

À distância, o mar une esses belas poemas.

Muitos cumprimentos.

O Universo dos Pensamentos disse...

Nossa!!! Que bela homenagem, parabéns, gostei tbém da música.

Boa tarde, bjo

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Gostei das poesias que escolheste para homenagear os dois países irmãos. Parabéns pelas escolhas. Um beijinho
Emília

Van disse...

Querida Evanir

Seu blog terá vida longa e o carinho nós nunca o perdemos, fica em nós o que um dia recebemos

Meu afeto imenso

SOL da Esteva disse...

Evanir

Uma selecção maravilhosa!

A mensagem , diria, é convergente e alimenta a Paz, o Amor e a Humildade.

Quem dera que cada um de nós soubesse pisar apenas o seu espaço de chão e jamais os seres que somos.
O Mar, esse, que nos separa fisicamente, sempre acaba por deixar a nossa comunhão de vivências.

Parabéns aos Autores, pelos seus belos Poemas.

Beijo
SOL da Esteva

Contos da Joii disse...

Boa tarde querida. Que bela seleção de poesias e de autores usou para esta homenagem. Ficou muito boa mesmo. Passei pra te desejar uma ótima semana. Bjs da Joii.

Daniel Costa disse...

Evanir

Maravilhosos poemas! De Machado de Carlos, um poeta excelente, outra coisa não espero do a boa poesia. Da do outo poema poetisa, Preciosa Maria, também gostei.
Portanto, um trio a incluir tu, de parabéns.
Acabei de te enviar o POEMA EVANICE. se for da tua vontade, podes postar, eu desejo postar amanhã. Também podes optar pelo poema a duo, dentro em poco, entre mim e a amiga brasileira, Ma Socorro, no meu bolg, ENCONTOS LUSO BRASILEIROS DE POESIA.
Beijos

Flor da Vida disse...

Amada minha, é emocionante o carinho com que faz essas homenagens... Autores sempre reconhecidamente talentosos e iluminados na poesia! Aqui sempre encontro e abraço sublimes poemas!
Aplausos a ti, e a todos os poetas!

Receba meu mais sincero carinho, e saiba que a recíproca é verdadeira, mas espero que nunca chegue esse momento de termos que nos afastar... Amo todos vocês de coração, viu?

Beijos

edumanes disse...

Dedico a si, minha amiga Evanir.

Não imaginava
Uma deusa encontrar
Mulher linda que sonhava
Numa viagem de encantar
Num barco em alto - mar
Quando o vento forte soprava
As velas eu baixava
Durante a noite observava
No Céu as estrela a cintilar
Seu coração ansioso
Guardado dentro de seu peito
Tudo lhe parecia misterioso
Sonhando com um amor perfeito
Que sempre pensou encontar
Feliz junto de seu amor
Numa viagem sem fim
Evanir, continua a sonhar.

Um abraço
Eduardo

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Obrigada por me homenagear no seu blog com um poema meu. Fiquei muito sensibilizada e gostei imenso dos outros dois poemas, há realmente uma coerência temática que os une. Que a sua Viagem seja muito longa, pois gostamos muito de viajar no seu blog. Bjs

selma disse...

Oi amiga ,vim agradecer todo o seu carinho e ternura no chá da tarde...é claro que vai continuar não é sonho não...você merece....pelo seu esforço e dedicação...beijos no coração....

isa disse...

Ñ desista do Sonho!
Ñ pode!
Já viu as pessoas que ficam Felizes?
Eu,por exemplo!!!!
Beijo.
isa.

Sandra disse...

Minha querida, fiquei preocupada com o teu comentário no meu blog.
Não desistas de sonhar.
Beijo grande

Rô... disse...

oi Evanir,

que história é essa
de deixar de sonhar,
de desistir?
quem tem a poesia e o amor
no coração, não deixa nunca de sonhar,
os sonhos são eternos,
minha flor...
ETERNOS...

beijinhos

Machado de Carlos disse...

Agradeço-lhe pela grande Homenagem! É um grande prazer estar aqui em tua página, e, sem palavras deixo aqui o meu sentimento em versos.
Obrigado, Querida Amiga!


Agradecimento

Agradeço de coração, alma querida;
A serenidade no teu rosto, eu vi.
Foram momentos felizes, deste-me a vida,
Ao teu lado, meu anjo, voei... Sorri!...

Ao teu ouvido sensível, versos d´amor...cantei;
Até então inseguro; tão forte me senti.
... horas de pura luz! A tristeza?!... - Matei!...
Oxalá! Agradeço aos deuses!... Renasci!

Sinto o navegar do teu fogão espacial;
Meu estômago clama, mas espera feliz:
A fada prepara o lenitivo especial;
Que aroma! Que espera!... O órgão faminto bendiz.

Que beleza! Que ternura! Uma soma de amor.
Espírito em festa. A inteligência proclama!
O olhar penetrante e o sorriso da flor;
É o resultado da vida de quem ama.

Desfrutei, sem cessar de toda beleza.
O sonho acabou! Hora da triste partida;
Mas fico feliz, viverei tua pureza!
A minha alma não conhecerá despedida.

Machado de Carlos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amiga
Esse intercâmbio poético está ótimo. Parabéns.
Bjux

Sonia Pallone disse...

Linda essa homenagem ao nosso País-Irmão...Deus abençoe esse carinho. Bjs.

PRECIOSA disse...

Querida amiga Evanir...
Quase não consigo fazer um comentário.
Quase não consigo te agradecer
A emoção é muito grande
Faz acelerar meu coração
Ser homenageada por tí, faz de uma simples alma se sentir feliz
Tú tens o dom de conseguir emocionar paises, trazendo amigavelmente união que feito poema e versos, trazem o mesmo sentido
"O CORAÇÃO"
Obrigada amiga, nunca deixe morrer esse dom, pois dele precisamos muito.
Beijos na alma
Preciosa Maria

Vozes de Minha Alma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vozes de Minha Alma disse...

Minha querida, não há motivos para deixar-nos.
Da minha parte só tenho a te agradecer pela pessoa que és.
Talvez o que escrevemos soe errôneamente como um mal entendido, como palavras mal interpretadas, ou até uma ofensa...
Nem sempre o que escrevemos retrata aquilo que queremos expressar, por isso esse meio de comunicação é tão complicado...
Sinto que aqui nesse meio virtual, existem pessoas que te magoam, que te ferem, que te menosprezam.
Procuro não guardar mágoa de ninguém. Mas sei que teu coração é afetuoso e iluminado e hás de estar sempre nessa missão de unir povos e pessoas através da literatura.
Um abraço fraterno, desse que te admira, bjs.

Daniel Costa disse...

Evanir

E se for eu a agradecer?
Beijos

Silvia Ordonhes disse...

Olá! Evanir passando para lhe
desejar uma ótima noite,esse
cantinho é mesmo muito Especial!
É muito gratificante ler o carinho
de amigos(as) aqui deixados...
Parabéns e sucesso sempre!bjs

Simone Martins2 disse...

Boa noite...

Partir e desistir...
Duas palavras rimadas
Que denotam uma fuga
Que de leve, te maltrata
Pois se aqui estas feliz,
Para que então fugir?
Deves ficar e lutar sempre!
Deixar os teus seguidores,
Seria como extirpar um filho
Tira-lo do utero de tua Mãe
Tirar-lhe a força deste mundo!
Pare de pensar em desistir,fugir
Pense somente num tempo, espaço
Para refletir, descansar e depois,
Voltar com garra e com força
Liderar este blog com esperança,
Novas viagens fazer e renascer...
Estaremos todos aqui, fieis a ti
Esperando teu retorno, tua volta
Mulher digna de aplausos mil!
Figura de ser humano inteligente
Que a todos nós conquistou, amou
Do teu jeito: simples e meigo...
Vá se fores de tua vontade,desejo
Mas te digo: Voltes...voltes logo!
Abraços e to te esperando viu?Bjin

SAM disse...

Querida amiga,

Quatro poemas belíssimos!!! Maravilhada! Parabéns pelas escolhas. Obrigada, Evanir.

Beijos com carinho.

Ricardo Calmon disse...

uma porrada senti em peito mio
um jorro de vida , em face minha senti e vivi
eras tu, poetando e cantando, vias adversas e pergfeitamentes em meu sofrer e absorver.... o amor

Silviah Carvalho disse...

Muito lindas as homenagens, parabéns pela postagem de tão belos poemas.

Anônimo disse...

Evanir obrigada pela mensagen que deixou para mim no dia das maes...fiquei tão feliz...seu blog é lindo,a musica um encanto...fique na paz querida..
beijus
titi

AFRICA EM POESIA disse...

LINDA HOMENAGEM
BEIJOS


Vim matar saudades...

O rio corre sempre
Luta sempre
não baixa os braços

Um beijo

RIO


Olho a paisagem...
Vejo o rio...
O monte...
E vales...
Como és belo...
Como és grande...

É bom ver-te...
Rio límpido...
De águas puras...
De águas cristalinas...
A cair pelos montes...
E pelos vales...

Cair lentamente...
E ver como se corre...
Como se beija...
E como se dorme...

E tu Rio...
Lentamente...
Desces os montes...
Os vales...
E beijas...
E acaricias...
E corres...
Sem nunca parar!...

LILI LARANJO

Carla Fernanda disse...

Evanir querida tenha força, coragem e fé porque DEUS está contigo sempre. Eu nuuuunca vou te deixar tá.
Beijos e boa noite!
Carla

Ma Ferreira disse...

Evanir...

Lindas escolhas: das poesias, da musica..de tudo. Bela homenagem!
Vc é uma pessoa de sensibilidade unica.
Sem te conheccr, ta te gosto!!

Beijo

Ma Ferreira

Rosa Mattos disse...

Amiga Evanir, é sempre um prazer vir aqui. Este seu espaço está cada vez mais encantador.

Parabéns aos homenageados!!

A ti, um beijo e votos de uma semana a melhor possível. ♫

Antonio José Rodrigues disse...

Belos versos que estreitam amizades. Beijos

Veronica disse...

Lindo Evanir adorei as poesias!!

Os selos que estão em meu post também é seu pode pegar se quiser beijos.

Gaúcho disse...

Tenho sangue lusitano e hispânico, por parte de pai, germânico por parte de mãe. De qualquer forma, tenho um pouco de Portugal correndo em minhas veias. Quem sabe, algum dia, possa desembarcar na terra-mãe? É um desejo que tenho, o de buscar minhas raízes.

Abraços do Gaúcho.

Joakim Antonio disse...

Belas palavras daqui e d'além mar.

Uma bela noite!

Luís Coelho disse...

Os poemas são caravelas que navegam na alma deste povo que se ama e se respeita nas suas origens.

Uma homenagem bem sentida e também conseguida.

As suas palavras no lidacoelho me deixaram surpreso porque está a fazer o retorno de tudo quanto damos.

Desejo que esta caminhada seja sempre com uma rota bem definida e num crescente que faça acontecer o milagre da família onde reina o amor e o respeito entre todos os que entram no nosso coração.

rosa-branca disse...

Belas escolhas amiga. As palavras se encontram não tê porto nem norte. Beijos com carinho

Ricardo Calmon disse...

Sussurras entre mares,poesia,sopras entre continentes,ternura, de amizade amalgamada, digitas com delicadeza, petalas como se fossem,missão nossa amada amiga irmã,compactua com os colibris e beija flores,em unidade e simplicidade,enquanto chama houver em cardíacos nossos.
um dia de paz e ternura

viva a vida

bzu em alma viva e pulsante tua
teu sempre amigo
ricardo calmon

Aleatoriamente disse...

Evanir,
Muito interessante o texto.
Passei para deixar um beijo e dizer , que teu blog está muito bonito.
E se é um sonho querida, continue sonhando.
Temos um ideal e devemos lutar por ele.
O amor é algo pleno demais.
Se amamos algo que estamos fazendo, devemos preservar.

Um abraço.
Fernanda

Natalia Nuno disse...

Fico-te grata amiga pela visita, deixo meu beijinho e umas quadras

AGARRAM-SE OS SONHOS

Papel em branco, verso vazio
Vazio, solitário como o dia
Transpôr limites, um desafio
Esquecer solidão e melancolia.

Gastos os olhos e as palavras
Ousadas ainda saem da boca
Vão morrendo, embora bravas
Liberdade, saudade, coisa pouca.

O pensamento, floresta que arde
Quer das cinzas ainda renascer
Talvez por sorte não seja tarde?!
Na pobreza de ideias desvanecer?

Ainda resta alguma esperança
Neste meu Mundo a entardecer
Saudade de quando era criança!
Lembrar é, não me deixar morrer.


natalia nuno
rosafogo

e te as dedico de coração.

ValeriaC disse...

Evanir querida, me encantei com toda a beleza de todas as poesias...mais uma bela homenagem sua aos amigos...
Beijos e ótimo dia...
Valéria

 
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios